Covid-19: Associação dos Municípios Alagoanos vai sugerir que cidades coloquem no final da fila pessoas que se recusem a tomar a vacina

O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), Hugo Wanderley, declarou nesta quarta-feira (7) que vai recomendar aos municípios do estado colocarem no final da fila as pessoas que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19. A medida, segundo ele, é uma reação ao número crescente de casos de cidadãos que querem escolher a fabricante do imunizante ou se negam a tomar a vacina. 

Com isso, ele acredita que será possível diminuir esse tipo de situação, que atrapalharia o plano de vacinação e a celeridade no processo de imunização da população alagoana. Segundo Wanderley, a recusa das pessoas a certos tipos de fabricantes não se justifica, pois “todas as vacinas têm eficácia comprovada”. 

Família Zé Gotinha lembra importância da segunda dose da vacina contra Covid-19 em campanha do MS

“Falta de acompanhamento médico adequado durante o início dos sintomas pode contribuir para quadros graves da Covid-19”, afirma especialista

Covid-19: conheça a reação da vacina AstraZeneca e outras

Assim, o presidente da AMA vai sugerir que os municípios encaminhem para o final da fila, após a vacinação de todos os maiores de 18 anos, aqueles que se recusarem ou quiserem escolher o imunizante. 

Wanderley deve se reunir com prefeitos e representantes do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) do estado na próxima segunda-feira (12) para apresentar a medida. 

Foto: Tânia Rêgo/Agência BrasilFoto: Tânia Rêgo/Agência Brasil


Leia mais

Leia também