Corpo de homem é encontrado boiando em uma lagoa de Água Doce do Norte

Água Doce do Norte amanheceu com um cartaz divulgado nos grupos de Whatsapp, informando o desaparecimento do aguadocense, Elizeu Evangelista dos Santos, 34 anos, residente no Córrego Santa Cruz, próximo ao Bar do Ziquim.

De acordo com familiares de Elizeu, ele teria saído de casa na última sexta-feira (18), por volta das 15h00min, dizendo que iria até o Bar do Ziquim pagar uma conta e aproveitar para beber com os amigos.

Tendo em vista, que Elizeu tinha o hábito constante de frequentar este bar, e que muita das vezes só retornava pra casa no dia seguinte, a família a princípio não demonstrou muita preocupação, no entanto mesmo sem retornar pra sua residência, Elizeu era sempre visto pelos amigos nas proximidades do local, o que dessa vez não aconteceu.

Após completar mais de 48 horas desaparecido, a família procurou a Delegacia de Barra de São Francisco para registrar um Boletim Unificado, e logo em seguida espalhou um cartaz na internet pedindo ajuda das pessoas, tudo na esperança de que Elizeu pudesse ser encontrado.

Acontece que antes mesmo do cartaz ganhar visibilidade na internet, minutos após eles saírem da delegacia, ambos receberam a triste notícia, de que o corpo de Elizeu havia sido encontrado já em óbito, boiando em uma lagoa localizada na propriedade do empresário Fernando Cerqueira, ali mesmo, próximo da residência de Elizeu.

A Polícia Militar compareceu no local para averiguar os fatos e constatou que realmente o corpo encontrado era de Elizeu, os militares permaneceram nas proximidades da lagoa até a chegada da perícia.

Após a chegada da perícia, algumas pessoas que estavam no local precisaram contribuir na retirada do corpo de dentro da lagoa, corpo este, que a princípio seria conduzido para o DML de Colatina, mas devido ao estado avançado de decomposição, o mesmo precisou ser conduzido para Vitória para análises mais detalhadas pudessem ser realizadas antes de ser liberado para a família.

No local da tragédia, dois sobrinhos de Elizeu, ambos conversaram com a imprensa, sendo que um deles disse que o tio sempre gostou de pescar naquela lagoa, mas que nos últimos dias, ele andava repetindo constantemente que estava com vontade de cometer suicídio.

Os sobrinhos ainda disseram, que Elizeu sabia nadar como poucos, e o único problema de saúde que ele apresentava era de asma, mas mesmo diante de todas as informações citadas, não foi possível desvendar o motivo que levou Elizeu ao óbito, pois ele foi encontrado vestindo calça jeans e camisa, e ao redor não foi encontrado nenhuma vara de pesca, rede, tarrafa ou similares, ou seja, não é normal uma pessoa pular na água pra nadar ou pescar de calça jeans e camisa, ainda mais sem um instrumento apropriado para pesca. Essas e outras dúvidas deverão ser esclarecidas pela equipe de perícia que compareceu no local, fez fotos e conduziu o corpo para as devidas análises em Vitória.

Fonte: portaladn

Leia mais

Leia também