Coronavírus: três hospitais da Grande Vitória não têm mais leitos de UTI disponíveis

A previsão da secretaria de saúde do Estado era ter 1.343 leitos de UTI e enfermaria para tratamento da covid-19 até o fim de maio, mas já estamos na metade de junho e este número ainda não foi atingido

A semana começa com números preocupantes sobre o avanço do coronavírus no Espírito Santo. De acordo com a última atualização da Secretaria de Saúde, mais de 85% dos leitos de UTI, destinados ao tratamento para pacientes com covid-19, estão ocupados no Estado.

Segundo as informações divulgadas no Painel Covid-19, a taxa de ocupação dos leitos de UTI do Espírito Santo é de 85,54%. Na Grande Vitória, o número é ainda maior, 88,15%. Dos 643 leitos disponíveis, 550 estão ocupados.

Três unidades da região metropolitana não têm mais leitos disponíveis. São elas: Hospital Evangélico de Vila Velha, o Hospital Vila Velha e o Hospital Santa Rita, em Vitória.

Já no Hospital Santa Mônica, em Vila Velha e no Hospital São Francisco, em Cariacica, há apenas uma vaga de UTI disponível.

Nos hospitais Vitória Apart, Dório Silva e Bezerra de Faria, restam duas vagas disponíveis.

O secretário de saúde do Estado, Nésio Fernandes, diz que os números preocupam, mas que seguem o planejamento da secretaria. “Nós já temos mais de 1.200 leitos disponíveis para pacientes com covid-19 no Espírito Santo, não obstante, até o presente momento, mais de 600 leitos de UTI disponíveis. O Estado tem promovido uma expansão de leitos muito robusta e até agora nós não tivemos problemas crônicos com a falta de leitos”, afirma Nésio.

Porém, a previsão da secretaria de saúde era ter 1.343 leitos de UTI e enfermaria exclusivamente para tratamento da covid-19 até o fim de maio. Estamos na metade de junho e este número ainda não foi atingido. São atualmente 1.305 leitos, ou seja, 40 a menos do que era previsto. A taxa geral de ocupação no Estado (entre UTI e Enfermaria) é de 77,09%.

Sobre a demora para cumprir a previsão de leitos, o secretário de saúde disse que houve atraso na entrega de equipamentos. “Nós temos contratos com alguns fornecedores que atrasaram alguns dias, mas que no entanto ainda não comprometeram a oferta de expansão de leitos para poder atender a proporção da doença no nosso Estado”, disse Nésio.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Bolsonaro e Regina Duarte reúnem nesta segunda-feira (20) para tratar de indicação para Cultura

Depois de declarar que precisava conversar “olho no olho” com o presidente Bolsonaro sobre o convite para ser ministra da Cultura, Regina Duarte receberá...

Quase 500 mil brasileiros perderam a vida no trânsito na última década, segundo Ipea

Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostrou que o Brasil perdeu  479.857 vidas no trânsito entre 2007 e 2018. Nesse período, o...

ES: homem é morto a tiros e polícia investiga disputa por herança

Um açougueiro de 32 anos foi assassinado a...

Instituto emite alerta vermelho para chuva em 49 municípios do ES. Veja a lista!

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um...

Leia também

Governo anuncia simplificação do eSocial e modernização de normas do trabalho

Segundo o Ministério da Economia, o texto atual estava em vigor desde 2005 e dificultava e inviabilizava a adoção de soluções trabalhistas no setor...

“Perdemos um terço da estrutura produtiva. Nossa retomada vai depender do aumento do consumo no Brasil”, diz coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados

A crise causada pela pandemia da Covid-19 teve impacto significativo no mercado calçadista brasileiro. O Brasil é o quarto maior produtor mundial de calçados,...

Novo regulamento para o setor de radiodifusão passa a valer a partir de 3 de novembro

O setor de radiodifusão vai passar por uma série de mudanças em sua regulamentação. A principal delas é o novo Regulamento sobre Canalização e...

Mobilização pelo Emprego e Produtividade promete facilitar a vida de empreendedores

Com a pandemia, não foi só a saúde que enfrentou dificuldades. Até final de julho deste ano, mais de 13 milhões de brasileiros ficaram...