Coronavírus: Secretaria de Saúde de Nova Venécia alerta para fake news

O secretário de Saúde de Nova Venécia, Felipe Barbosa, tem se mostrado preocupado com a grande quantidade de notícias falsas, as famosas fake news, que tem circulado em redes sociais.

De acordo com ele, todo esse material que tem sido espalhado tem prejudicado o trabalho da pasta no combate à disseminação do coronavírus. “Isso tem amedrontado a sociedade. Sabemos que o cenário é complicado, mas temos que ter cuidado com o que espalhamos, pois deixa a população polvorosa. Às vezes, deixamos de fazer um trabalho importante para sanar dúvidas sobre fake news”.

Desta forma, o secretário pede que a população confie apenas nos veículos de comunicação de credibilidade e acompanhe os sites e páginas nas redes sociais da Sesa, do Governo do Estado e da Prefeitura de Nova Venécia.

Ministério da Saúde cria canal para combater fake news

Neste domingo, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, criou um canal de WhatsApp da pasta para informar corretamente a população.

O canal será uma espécie de ferramenta de checagem de conteúdos que circulam pelas redes sociais. Os usuários poderão enviar as informações para o número do Ministério da Saúde, que terá uma equipe dedicada para apurar se o material é verdadeiro, ou não.

O canal não será um SAC ou tira dúvidas dos usuários, segundo a assessoria da pasta. A ideia é frear a disseminação de notícias falsas envolvendo a pandemia.

De acordo com o Ministério, qualquer cidadão poderá enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número é (61) 99289-4640.

Leia mais

Leia também