Coronavírus: pescadores e artesãos recebem cestas com produtos da agricultura familiar

Com o objetivo de apoiar o processo de comercialização dos agricultores familiares, a Fundação Banco do Brasil, em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) e a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendimento (Aderes), realizam, nesta quarta-feira (01), a entrega de 3.200 cestas básicas para 1.600 famílias de pescadores artesanais e de artesãos no Espírito Santo.

A Fundação Banco do Brasil repassou o valor de R$ 399.936,00 para a Cooperativa dos Agricultores Familiares da Região Serrana do Espírito Santo (CAF Serrana) do município de Santa Maria de Jetibá, que organizou a aquisição dos alimentos perecíveis e não perecíveis, diretamente da agricultura familiar, além de produtos de higiene pessoal e de limpeza. As cestas serão entregues no intervalo de 15 dias em vários municípios capixabas, respeitando todas as recomendações de prevenção para evitar a contaminação e transmissão do novo Coronavírus (Covid-19).

A ação “Proteja e Salve Vidas” presta assistência a famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade decorrente da pandemia. A iniciativa tem o apoio da BB Seguros e do Banco BV, empresas do conglomerado Banco do Brasil, além da cooperativa de crédito Cooperforte, que destinaram recursos à Fundação Banco do Brasil para ações de assistência social, prevenção e combate à pandemia.

“Agradecemos ao Governo do Estado do Espírito Santo e aos demais parceiros, que se uniram a esse projeto aqui no Estado, com o objetivo de conjugar esforços no interesse coletivo e na promoção da proteção social dos capixabas que mais precisam. Juntos, vamos fazer a diferença na vida de milhares de famílias neste momento crítico que estamos vivendo.”, ressaltou a superintendente Estadual do Banco do Brasil, Ana Paula Matos da Costa.

O papel da Seag nesse processo foi intermediar junto à Fundação Banco do Brasil o repasse do valor destinado à compra dos produtos. “Estamos realizando a aquisição de alimentos diretamente de nossos agricultores familiares e cooperativas, que neste momento tão difícil que estamos passando, a agricultura tem sido um ponto de equilíbrio no combate à pandemia do Coronavírus. Esse conjunto de ações tem por objetivo minimizar a crise financeira, proporcionando a geração de renda para os produtores, além de ajudar às pessoas vulneráveis ao impacto do Covid-19″, salientou o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto.

De acordo com o gerente de Integração Regional da Aderes, Rodrigo Bolelli, essa é mais uma ação que tem o objetivo de auxiliar os empreendedores que estão sentindo os impactos provocados pela pandemia do novo Coronavírus.

“Essa ação tem diversos eixos importantes em um momento tão delicado de nossas vidas. Podemos destacar a sincronia estabelecida pela entidades envolvidas em prol do fortalecimento da agricultura familiar capixaba, abrindo-lhes novo mercado, bem como atender aos beneficiários finais, tão prejudicados neste momento de pandemia, que são os trabalhadores manuais, pescadores artesanais e guias turísticos, público esse que se encaixa nas diretrizes de atendimento da Aderes”, disse Bolelli.

Para a diretora-presidente da Caf Serrana, Selene HammerTesch, a parceria entre instituições para adquirir produtos dos pequenos produtores familiares só reforça a importância que a agricultura tem no Espírito Santo. “A compra dos produtos, como feijão, ovos e verduras vai beneficiar direta e indiretamente mais de mil agricultores familiares”, disse.

A Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) e a Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) também participaram do processo.

Leia mais

Cobradores do Sistema Transcol seguem afastados por mais 60 dias

De acordo com sindicato, acordo trabalhista está sendo cumprido tanto pelas empresas quanto pelo Estado. Afastamento acontece como medida de segurança contra a Covid-19.

Coronavírus: falta medicamento na Saúde de Barra de São Francisco

Moradores já estão reclamando da falta de medicamento na "Farmacinha" da Secretaria Municipal de Saúde de Barra de São Francisco. Segundo um morador que entrou...

Água Doce do Norte confirma 1º caso de Coronavírus

Foi confirmado neste domingo, 10 de maio de 2020, o primeiro caso de Coronavírus no município de Água Doce do Norte. É um rapaz, que...

Relatório de Diagnóstico do Plano de Bacia da Região Litoral Centro-Norte está disponível para consulta

Um importante produto elaborado no âmbito do Plano dos Recursos Hídricos da Região Hidrográfica Litoral Centro-Norte...

Leia também

Pescador sobrevive três dias em caixa térmica após naufrágio

Um pescador ficou três dias a deriva dentro...

De Prá anuncia apoio a André Fagundes

O pré-candidato a prefeito, André Fagundes, com o ex-prefeito Walter De Prá O ex-prefeito de Nova Venécia, Walter De Prá, acaba de anunciar, com exclusividade para...

INDICADORES: Boi gordo começa a quarta-feira (23) com alta no preço

A cotação da arroba do boi gordo começou a quarta-feira (23) com alta de 0,58% e o produto é negociado a R$ 251,30 em...

INDICADORES: Café arábica registra queda no preço nesta quarta-feira (23)

A saca de 60 quilos do café arábica começou a quarta-feira (23) com queda de 0,81% no preço e é vendida a R$ 533,89...