Coronavírus: Espírito Santo decreta estado de emergência na saúde pública

 

O Governo do Espírito Santo decretou situação de emergência em saúde pública em razão do surto de coronavírus. Com o decreto, publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (16), uma série de medidas sanitárias, em diversas áreas, serão tomadas para evitar a proliferação da doença no estado e tratar os pacientes que forem infectados.

Entre as medidas está a criação de uma sala de situação de emergência, para acompanhar o avanço da doença. O trabalho será coordenado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e contará também com a participação de integrantes das secretarias de Governo, Assistência Social, Educação, Justiça, Segurança Pública e pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

A Secretaria Estadual de Educação (Sedu) acompanhará os possíveis casos da doença e trabalhará a conscientização nas escolas. O mesmo trabalho será desenvolvido pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) dentro das penitenciárias do estado. “Essa sala de situação de emergência será um marco importante da capacidade de resposta rápida do governo a cada etapa que nós vamos viver com a evolução da epidemia”, destacou o secretário da Saúde, Nésio Fernandes.

“O decreto estabelece emergência e permite que a gente seja mais rápido nos procedimentos administrativos. Ele cria a sala de situação de emergência e nos permite tomar medidas, se for preciso, de requisição, de espaço, de serviço e fazer o pagamento de indenização à posteriori. O decreto também nos dá instrumento para que a gente possa agir como governo do Estado na hora em que a gente precisar”, ressaltou o governador Renato Casagrande, em coletiva realizada na última sexta-feira (13).

Até o momento, o Espírito Santo teve quatro casos confirmados, sendo um deles por contaminação local. Em outro caso, a paciente já foi liberada do isolamento. Além disso, há 122 casos em apuração no estado e 59 foram descartados.

Transmissão local

O primeiro caso de transmissão local de coronavírus foi confirmado neste sábado (14), pela Secretaria de Saúde (Sesa). O secretário de Saúde do Espírito Santo, o médico Nésio Fernandes, informou que o Estado pode entrar já nos próximos dias na fase de adoção de medidas mais “enérgicas e hercúleas” no combate à pandemia.

O pico dos registros no Espírito Santo, que já tem quatro pacientes com a doença, é esperado para abril ou maio, mas, se a propagação for muito acelerada, as ações mais rígidas podem ser adotadas já em uma semana. Seja qual for o cenário, o alerta do chefe da pasta da Saúde é: a população capixaba deve preparar desde já as ferramentas para a mudança da rotina.

O primeiro registro de transmissão local (ocorrido em território capixaba) do coronavírus é o de um morador de Linhares, no Norte do Espírito Santo. Ele é cunhado do homem que veio da Inglaterra e que foi diagnosticado com a doença enquanto visitava parentes em Vila Velha. Esse paciente deixou o município e foi para São Paulo, apesar da determinação para que ficasse em isolamento. Foi localizado e está isolado num hotel na capital paulista.

Leitos

Além disso, serão feitos investimentos no atendimento de saúde. De acordo com o governador Renato Casagrande, o Estado reservou pelo menos 120 leitos para tratamento da doença ou como suporte. No Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, serão reservados 24 leitos de UTI e semi-intensivo para pacientes com o novo coronavírus.

Também na Serra, o Hospital Estadual Dório Silva está em obras para que sejam disponibilizados 36 leitos de UTI, reservados para pacientes com Covid-19, e 14 vagas individuais para isolamento dos pacientes. Na unidade, também serão disponibilizados 15 leitos de semi-intensivo.

Em Vila Velha, o Hospital dos Ferroviários terá entre 15 e 30 leitos isolados. Já em Cariacica, o Hospital Estadual de Atenção Clínica (Heac) disponibilizará 40 leitos de retaguarda, para dar suporte ao sistema de saúde.

E no interior do Estado, três hospitais de referência contarão com leitos para pacientes com o novo coronavírus: Roberto Silvares, em São Mateus, Santa Casa de Cachoeiro e Silvio Avidos, em Colatina.

Leia mais

Aluno da Rede Estadual chama atenção pela habilidade artística

O período de distanciamento social necessário para combater a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) tem sido...

Deputado indica ao Governo e profissionais da Saúde podem ter Gratificação durante a quarentena

Deputado Enivaldo dos Anjos Mais do que aplausos, os...

Seag formaliza termo de fomento com Mepes

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento do projeto voltado para a Formação dos Agentes e...

Decisão sobre a retomada das aulas presenciais no ES pode sair ainda nesta semana, diz secretário

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (25),...

Leia também

Equipe do SESI Goiás é premiada em torneio nacional de robótica focado no combate à Covid-19

Alunos da Escola SESI Planalto, em Goiânia, foram premiados no Torneio SESI de Robótica – Desafio Covid-19. O torneio nacional contou com quase dois...

Com sistema sanitizante para estabelecimentos comerciais, equipe do SESI Barra Bonita é premiada em torneio nacional de robótica

A pandemia de Covid-19 trouxe junto a ela a necessidade de higienização de mercadorias, já que o coronavírus pode sobreviver por vários dias na...

BA: Projeto de esterilização de livros por ozônio é premiado em torneio nacional de robótica com foco no combate à pandemia

Com o objetivo de reduzir o impacto causado pela Covid-19 no empréstimo de livros, a equipe Robolife, do SESI Candeias, na Bahia, desenvolveu uma...

Sancionada lei que aumenta punição para maus-tratos de animais

A prática de abuso e maus tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e...