CoronaVac: governo de São Paulo dá mais um passo para regulamentação da vacina

Mais um passo será dado a caminho da vacina contra o novo coronavírus. No próximo dia 23 de dezembro, o governo de São Paulo vai encaminhar o estudo dos testes da Coronavac para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A vacina foi desenvolvida pelo Instituto Butantan com a farmacêutica chinesa Sinovac.

No mesmo dia, o governo paulista vai solicitar o registro do imunizante. A solicitação também será enviada à NMPA (National Medical Products Admnistration), que é a instituição chinesa responsável pela regulação de medicamentos. Se as doses forem aprovadas pela instituição da China, a Anvisa terá um prazo de até 72 horas para analisar o pedido.

Vacina é “prioridade zero” no Congresso Nacional, afirma vice-líder do governo na Câmara

Dois cachorros são diagnosticados com SARS-CoV-2 no Paraná

Pandemia, eleições municipais e o impacto do pleito nas cidades brasileiras

O governador de São Paulo, João Dória, afirmou que os testes de eficácia da CoronaVac atingiram patamar ideal, no Brasil. Agora, o estudo está sendo analisado por um comitê internacional. O resultado do teste completo deve ser divulgado ao público, na próxima semana.

Vacina Covid - Foto: banco de imagens

Leia mais

Leia também