Contribuinte paga R$ 1,35 por mês pelo serviço de coleta de lixo urbano em Barra de São Francisco

Compartilhe

Os últimos dados sobre produção de lixo em Barra de São Francisco, apontam que o francisquense gera, em média, 1,5 quilos de lixo diariamente, dividido em Resíduos Domiciliares (RDO) e Resíduos de Limpeza Urbana (RLU). Mas, apesar da coleta regular e dos serviços de varrição na área urbana do município, a sensação é de que quase sempre a cidade está tomada pela sujeira, principalmente em bairros da periferia.

Tal sensação se deve ao hábito dos cidadãos, de atirarem o seu lixo nas ruas, em vez de procurarem a lixeira mais próxima ou levarem o lixo consigo para depositá-lo em recipientes adequados e nos horários permitidos

O lixo doméstico responde por quase 80% do total de resíduos produzidos pelo francisquense. Cada morador gera 1,1 quilo de lixo por dia em casa, mas 400 gramas, em média, de lixo são atirados na rua por cada pessoa nas diariamente.

Soma-se a isto, toneladas de entulhos que são despejados nas ruas, muitas vezes, ocupando espaço de circulação de pessoas e veículos. E ainda outros que atiram resíduos sólidos e orgânicos, como restos de animais, em terrenos às margens das rodovias.

Tal situação tem sido combatida diariamente pela prefeitura, a pedido do prefeito Enivaldo dos Anjos que, além de promover campanhas educativas nas escolas e divulgar horários de coleta de lixo para todos os bairros e distritos, mas os resultados, ao que parece, são desanimadores.

Neste início de semana, o prefeito publicou um levantamento feito pela área tributária, onde mostra que cada morador do município paga, em média, R$ 1,35 por mês pelo serviço de coleta de lixo, pouco mais de R$ 16,00 por ano.

“Nós temos lutado para limpar a cidade e às vezes encontramos pessoas que jogam lixo e entulho nas ruas, alguns ainda dizem: “Eu pago taxa de lixo”, como se isto o autorizasse a jogar o lixo na rua.                   Nós resolvemos mostrar quanto que o município arrecada de taxa de lixo por mês e ano, para conscientizar ‘algumas pessoas’ de que o que a prefeitura arrecada não dá nem pra ter um número bom de servidores fazendo a coleta, pelo tamanho do município e quantidade de lixo.  Observem que no cálculo pela populacão, são pagos menos de R$ 2,00 por cada um. Vamos continuar lutando para manter o município limpo, mas precisamos da colaboração de todos, temos muito lixo e entulho nas ruas, mas pouco se arrecada pra fazer tanto serviço”, lamentou o prefeito.

Leia também

Alegre disputa título capixaba da Copa Sesport e reanima torcedor depois de 20 anos

Sem ter alegria há 20 anos, desde que o Alegrense sagrou-se bicampeão capixaba de futebol profissional (2001 e...

Investimentos em UTIs e leitos que ficaram para a sociedade pós pandemia

Oi gente, tudo bem com vocês? Fabi Costa aqui para o nono episódio da série de podcasts, Onde tem...

Programa do Governo Federal instala mais de 17 mil postos de internet em todo Brasil

O governo federal entregou 17 mil pontos de internet em todo o Brasil,  por meio do programa Governo...

Bolsonaro diz que vai recriar Ministério da Indústria, caso seja reeleito

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (29) que, se for reeleito, vai recriar o Ministério da Indústria....

Vereador Lemão Vitorino destaca importância da Associação de Vila Paulista

Na noite da última segunda-feira, 27/06/2022, o Presidente da Câmara de vereadores de Barra de São Francisco, Lemão...

Batalhão de Missões Especiais inicia o I COESP 2022

A Polícia Militar do Espírito Santo, através do Batalhão de Missões Especiais (BME), deu início, nesta quarta-feira (29),...