Contas públicas fecham novembro com déficit de R$ 18,2 bilhões

Contas públicas fecham novembro no vermelho. O déficit primário registrado pelo governo é de R$ 18,241 bilhões, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional. O saldo negativo é o maior para o mês, desde novembro de 2016, quando ficou em R$ 44,324 bilhões. Já em relação a novembro do ano passado, o aumento do déficit foi de 5,5%. 

O déficit primário das contas do governo é resultado de despesas maiores que receitas, sem considerar os gastos com juros da dívida pública. Apesar do aumento este ano, o resultado foi melhor do que o esperado pelo mercado financeiro, que indicava um saldo negativo de R$ 55,1 bilhões. Segundo relatório do Tesouro Nacional, assim como nos meses anteriores, o déficit em novembro é consequência do aumento das despesas com as medidas de combate à pandemia do coronavírus.

Governo estima gastos de R$ 620,5 bi em ações contra novo coronavírus

Prefeituras recuperam prejuízos econômicos decorrentes da pandemia, aponta estudo

No acumulado de janeiro a novembro, o saldo negativo das contas públicas chegou a R$ 699,105 bilhões, enquanto que no mesmo período de 2019, o resultado fechou em R$ 80,428 bilhões. Somente com as medidas de combate a crise da pandemia, os gastos no período foram de R$ 487,4 bilhões.

Contas Públicas - Foto: Biblioteca Digital do Ministério da Economia

Leia mais

Leia também