Contas públicas do Espírito Santo seguem equilibradas

As contas públicas no Espírito Santo seguem equilibradas apesar do impacto econômico do Coronavírus (Covid-19). É isso que aponta o Resultado do Tesouro Estadual, 2º Quadrimestre de 2020, divulgado nessa quarta-feira (30), pela Secretaria da Fazenda (Sefaz).

O documento destaca, por exemplo, que de janeiro a agosto deste ano houve queda na arrecadação de receitas de impostos e taxas, na comparação com o mesmo período de 2019: ICMS (-2,2%), ITCMD (-14,5%) e recuperação da dívida ativa (-20,3%). Também foram registradas quedas nas receitas de transferências: royalties e participações especiais (-31,2%), FPE (-8,6%), FNDE e Fundeb (-7,1%).

A Receita Total realizada até o final do segundo quadrimestre de 2020 aponta uma queda de 7,5%, em relação ao segundo quadrimestre de 2019, registrando R$ 12,1 bilhões este ano contra R$ 13,0 bilhões no ano passado. O repasse do Governo Federal para suprir as perdas causadas pela pandemia atingiu R$ 0,7 bilhão – 6,4% do total arrecadado no quadrimestre.

“Mesmo com indicadores mostrando queda na arrecadação em todos esses itens, o Governo do Espírito Santo tem conseguido manter o equilíbrio financeiro. Graças a esse equilíbrio, que vem desde a primeira gestão do governador Renato Casagrande, temos conseguido fazer investimentos importantes para os cidadãos capixabas”, avalia o secretário de Estado da Fazenda, Rogelio Pegoretti.

Os investimentos citados por Pegoretti tiveram um crescimento de 131,5% no 2º quadrimestre de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019. Neste ano, foram mais de R$ 484 milhões em obras, ações e equipamentos para beneficiar a população do Espírito Santo.

Nota A do Tesouro Nacional

No dia 24 de agosto deste ano, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) confirmou a nota A do Espírito Santo no que diz respeito à Capacidade de Pagamento do Estado (Capag). O Estado mantém essa nota desde 2012 e o anúncio feito em agosto diz respeito à situação das contas públicas do Espírito Santo em 2019.

Porém, tão importante quanto celebrar a conquista, é seguir com o controle financeiro. De acordo com o Resultado do Tesouro Estadual, o Espírito Santo segue mantendo, no segundo quadrimestre de 2020, a nota A em todos os indicadores avaliados pela STN: Endividamento, Poupança Corrente e Liquidez.

“Sempre digo que o equilíbrio fiscal não pode ser um fim em si próprio. É importante mantermos as contas públicas organizadas, porque somente assim conseguiremos fazer investimentos relevantes nas áreas mais sensíveis à população. Exemplo disso foi o aumento das despesas em saúde que o Estado teve durante a pandemia. Como as contas estão ajustadas, foi possível efetuar a compra de leitos, respiradores e demais itens de proteção e prevenção à Covid-19”, ressalta o secretário Rogelio Pegoretti.

Transparência

Um dos objetivos da Sefaz com esta publicação é dar mais transparência às informações financeiras do Estado. A expectativa é de que as divulgações sejam feitas conforme os resultados forem sendo consolidados.

“A publicação desse relatório representa um esforço do Tesouro Estadual em dar transparência à sociedade sobre a situação fiscal do Governo do Estado. Estamos aprimorando o documento para estimular o cidadão a acompanhar melhor sobre a forma de aplicação dos recursos públicos”, acrescenta o subsecretário do Tesouro Estadual, Bruno Pires Dias.

Resultados Fiscais

A Lei Complementar 173/2020 permite que neste ano a União, Estados e municípios não cumpram as metas fiscais. A lei foi uma medida para auxiliar os gestores públicos durante a pandemia da Covid-19.

Ainda assim, o Espírito Santo tem cumprido as metas de Resultado Primário e Resultado Nominal, presentes na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e no Programa de Ajuste Fiscal (PAF).

Outro ponto a ser destacado é que o Tesouro Estadual registrou, ao final do segundo quadrimestre, um saldo positivo de R$ 684,9 milhões – ou seja, o total de receita arrecadada é maior que as despesas estaduais.

Veja a apresentação completa do Resultado do Tesouro Estadual, 2º Quadrimestre:

Leia mais

Romenique e Karen pedem oração para sua filhinha Ana Júlia que passará por uma cirurgia hoje para tratar uma Leucemia

Os aguadocenses Romenique Araújo e Karen Cristina estão pedindo orações para sua filhinha Ana Júlia de...

Recanto Viva a Vida em Domingos Martins oferece lazer e aconchego aos turistas

O Recanto Viva a Vida está localizado a...

Em nova classificação, sobe para 38 o número de municípios em risco alto para a Covid-19 no Espírito Santo

O Governo do Espírito Santo apresentou neste sábado (20) a atualização da Matriz de Risco para combate ao coronavírus no estado. No mapa que...

Plataforma vai disponibilizar soluções tecnológicas para o desenvolvimento sustentável no Semiárido

Está em construção uma plataforma digital que vai agregar soluções tecnológicas para a convivência com o Semiárido. Com o objetivo alavancar o desenvolvimento regional...

Leia também

MG: Crea apresenta propostas de engenharia, agronomia e geociências para candidatos nas eleições municipais

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) de Minas Gerais apresentou uma carta de propostas de geociências, agronomia e engenharia aos candidatos ao...

BA: UPB afirma que competência de fiscalizar servidor que recebe auxílio é da União

A Coordenação Jurídica da União dos Municípios da Bahia (UPB) decidiu que os municípios não possuem competência, nem aparato técnico para o controle do...

Governo estuda transformar fundos de desenvolvimento regional em fundos de natureza privada

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) estuda transformar Fundos de Desenvolvimento Regional do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste em fundos de natureza privada....

RN: Secretaria do estado orienta unidades de saúde a investigarem possíveis casos de reinfecção por Covid-19

A Secretaria de estado de Saúde Pública do Rio Grande do Norte solicitou, por meio de nota técnica, que as unidades de saúde acompanhem...