Consumidores poderão renegociar dívidas na 7ª Semana Nacional de Educação Financeira

Consumidores poderão renegociar dívidas na 7ª Semana Nacional de Educação Financeira

As solicitações deverão ser feitas na modalidade virtual através da plataforma consumidor.gov.br. Foto: Banco de imagens

Até o dia 29 de novembro, brasileiros poderão renegociar as dívidas com instituições financeiras por meio da plataforma on-line Consumidor.gov.br. A ação faz parte da 7ª Semana Nacional de Educação Financeira (ENEF), promovida pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon/MJSP). Este ano, devido à Covid-19, as solicitações deverão ser feitas na modalidade virtual.

A secretária Nacional do Consumidor, Juliana Domingues, reforça a importância de uma vida financeira saudável. “Nossas ações têm o objetivo de conscientizar o consumidor sobre práticas financeiras, de forma responsável e autônoma. Esperamos contribuir para que cada cidadão encontre caminhos para superar momentos de crise como este”, afirma.

O Consumidor.gov.br atua como uma alternativa para a solução do problema diretamente com as empresas cadastradas. A plataforma não substitui o serviço prestado pelos órgãos de defesa do consumidor, que permanecem à disposição para orientar e auxiliar o cidadão nos pedidos de renegociação de dívidas.

Após o registro na plataforma, a instituição financeira terá o prazo de até 10 dias para apresentar uma resposta. O devedor, por sua vez, terá até 20 dias para avaliar se o atendimento prestado foi satisfatório ou não. Durante esse prazo, a pessoa poderá interagir com a empresa, para anexar documentos, tirar dúvidas ou complementar a reclamação, caso necessário. Os consumidores também terão acesso, gratuitamente, a materiais sobre educação financeira, previdenciária e fiscal

Como negociar?

Para participar, o consumidor deve acessar a plataforma www.consumidor.gov.br, fazer o cadastro (caso ainda não o tenha), selecionar uma instituição financeira e formalizar a solicitação de renegociação de débitos.

Ao preencher a solicitação, é importante selecionar no campo “Problema” a opção “Renegociação/parcelamento de dívida”. Já no campo “Descrição da Reclamação”, o consumidor deve informar que deseja participar da ação de renegociação de dívidas.

Leia mais

MT: Ribeirão Cascalheira inicia colheita do pequi com expectativa de vender 200 toneladas do fruto

O município de Ribeirão Cascalheira -MT deu início à colheita de pequi e a previsão é de que sejam obtidas 200 toneladas do fruto....

CNS analisa Plano Nacional de Saúde 2020-2023

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) está em processo de análise do Plano Nacional de Saúde 2020-2023 enviado pelo Ministério da Saúde (MS). O...

PM recupera veículos com restrição de furto e roubo na região

A Polícia Militar recuperou quatro veículos produtos de furto/roubo, durante o final de semana e o feriado, sendo três motos e um carro. Na sexta-feira (09), duas...

Visitas em presídios federais seguem suspensas por mais 30 dias

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) decidiu prorrogar por 30 dias a suspensão de visitas nas penitenciárias federais....

Leia também

Dega do Altoé quer atuar em prol dos mais necessitados

Pela quarta vez disputando eleição, José Pereira Sena, 59 anos, mais conhecido como Dega do Altoé, foi eleito a vereador de Nova Venécia para...

Prefeitura de Guarapari adia provas de concurso público por tempo indeterminado

O motivo, segundo comunicado divulgado pela administração municipal,...

Novo aumento! Gás de cozinha pode chegar a R$ 80 nas distribuidoras da Grande Vitória

Cozinhar o arroz, o feijão, preparar a carne...