Conselho Estadual de Educação aprova novo currículo do ensino médio dentro da Base Nacional Comum Curricular (BNCC)

O Conselho Estadual de Educação de São Paulo aprovou o currículo paulista  do ensino médio. O documento segue para homologação da Secretaria Estadual de Educação. Segundo a pasta, o currículo segue o que está previsto na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio, do Ministério da Educação.

Consenso entre parlamentares permite celeridade na tramitação da PEC do Fundeb, diz relator no Senado 

São Paulo é o primeiro estado do país a definir normas para o Ensino Médio. A previsão é de que o currículo seja implementado progressivamente aos alunos do primeiro ano em 2021. Em 2022, para os estudantes do segundo ano; e em 2023 para o terceiro ano ensino médio. 

O currículo do Ensino Médio paulista está estruturado em 3.150 horas, que serão distribuídas no período de três anos. Segundo a Secretaria de Educação, o processo de construção do currículo foi iniciado no ano passado com a opinião de 140 mil estudantes e 18 mil professores. Vinte e sete redatores escreveram o texto.
 

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Leia mais

Bandidos armados roubam carro no interior de Boa Esperança

Dois bandidos, armados com armas de fogo e...

Motos barulhentas estão sendo multadas pela polícia em Barra de São Francisco

Policial multando moto em Barra de São Francisco Policiais...

Igreja de Nossa Senhora D’Ajuda é furtada no interior de Nova Venécia

A Igreja Católica da Comunidade Nossa Senhora D’Ajuda,...

Campanha quer prevenir golpes financeiros contra idosos

Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, assinou a portaria que destina R$ 160 milhões para Instituições de Longa Permanência...

Leia também

Mudança na CLT propõe mesma regra do presencial para home office

Um Projeto de Lei apresentado na Câmara dos Deputados prevê que a jornada de trabalho no regime de home office atenda às mesmas normas...

Proposta altera Orçamento de 2020 para cobrir gasto extra de R$ 3 bi do seguro-desemprego

O Poder Executivo enviou ao Congresso Nacional uma proposta para reforçar com quase R$ 3 bilhões os pagamentos de seguro-desemprego devido à pandemia da...

Justiça condena ex-prefeito do Amazonas por improbidade administrativa

A Justiça Federal condenou Joaquim Neto Cavalcante Monteiro, ex-prefeito de Eirunepé (AM), por improbidade administrativa. Segundo a Justiça, ele omitiu a prestação de contas...

Programa Dinheiro Direto na Escola libera R$ 525 milhões para educação

A educação brasileira deverá receber um incentivo de R$ 525 milhões nos próximos meses. O valor já havia sido anunciado em setembro, mas agora...