Conheça um pouco da história do prefeito eleito de Água Doce do Norte, Abraão Lincon

Abraão Lincon

população de Água Doce do Norte foi as urnas no último domingo, 15/11/2020, e escolheu seu governante pelos próximos 4 anos, e será o ex-prefeito Abraão Lincon (PSD), que governará o município pelo 3º mandato.

Abraão tem 52 anos de idade, foi nascido em Mantena-MG e criado em Água Doce do Norte, é viúvo da senhora Marleide Bretas, com quem teve 3 filhos (Ludimila, Brenda e Bryan) e depois veio a se casar novamente com a senhora Joerlaine Oliveira, com quem teve o pequeno Mardoqueu que hoje se encontra com 6 anos de idade.

Recentemente Abraão teve o privilégio de se tornar avô do pequeno Gael, que ele ainda não teve oportunidade de conhecer pessoalmente por residir nos Estados Unidos ao lado de sua mãe Ludimila.

Abraão conviveu desde criança com o trágico falecimento do seu pai Lourdes Coimbra Elizeu, fato marcante na vida daquele jovem de apenas 12 anos que acabou presenciando toda cena mais que lamentável naquela ocasião.

O tempo foi passando e o jovem garoto dificilmente se abria para novas amizades, sempre muito fechado e de poucas conversas, Abraão teve que aprender a se virar sozinho na escola da vida, o trabalho que antes era realizado na roça não lhe dava garantias de muito sucesso no futuro, e a política nem sequer passava por sua cabeça naquela época.

Sua primeira oportunidade no meio político foi durante o mandato do então prefeito Dr. Wilson Elizeu Coelho(primo de Abraão), na ocasião Abraão se tornou secretário de obras e braço direito do Dr. Wilson no desenvolvimento e crescimento da cidade.

Diante do bom trabalho realizado a frente da secretaria de obras ele se candidatou ao cargo de vereador no ano de 2000 onde conseguiu êxito e se tornou ainda mais próximo do amigo e primo Dr. Wilson, que no futuro lhe ajudaria a dar passos ainda mais largos na política aguadocense.

Sua primeira eleição caiu literalmente em seu colo, quando no ano de 2004 o então candidato Dr. Wilson Elizeu, que já havia sido prefeito no município entre 1997/2000 decidiu utilizar das brechas que a lei eleitoral permitia naquela ocasião e desistiu da disputa 24h antes do dia da votação, o motivo era porque Wilson estava inelegível, e no apagar das luzes ele indicou Abraão como seu candidato.

Na época muitas pessoas votaram em Abraão achando que estavam votando em Wilson, e no fim o resultado favoreceu a estratégia realizada, e Abraão ganhou do então prefeito daquela época Filim Pedro por uma diferença de 769 votos.

Abraão então começou o seu primeiro mandato que durou entre os anos de 2005/2008, quando percebeu a boa aceitação da população, ele decidiu tentar uma reeleição, mas dessa vez Wilson já não era tão aliado quanto antes, e mesmo sozinho Abraão conseguiu manter um grupo político forte e voltou a ganhar as eleições, tendo desta vez como adversária,  a Nalvinha (filha do ex-prefeito Filim Pedro) que também havia renunciado a sua candidatura durante o processo eleitoral realizado naquela ocasião.

A terceira tentativa de Abraão aconteceu em 2016, quando ele enfrentou Paulo Márcio, eleito em uma política contemporânea realizada em 2013 por conta da cassação de Adilson da Saúde que havia governado o município por pouco mais de 18 meses.

Abraão que até então nunca havia sido oposição, dessa vez precisou lutar contra a força da máquina, como diriam os políticos mais antigos. Paulo Márcio venceu pela diferença de 1964 votos de frente para o adversário Abraão Lincon.

Ao invés de chorar a derrota, Abraão seguiu firme trabalhando, se dedicou nas eleições para deputado estadual e ajudou a eleger o amigo Enivaldo dos Anjos em 2018, com uma votação dentro de Água Doce do Norte, muito superior a de Raquel Lessa, que na ocasião tinha o apoio do grupo de Paulo Márcio.

A oportunidade de Abraão retornar ao poder ganhou mais força com o passar do tempo, ele foi aos poucos conquistando novos aliados que antes eram adversários, amigos próximos do prefeito Paulo Márcio foram abandonando o barco e se juntando a Abraão, e em poucos meses, diversos funcionários contratados da prefeitura municipal já se diziam declarados ao grupo de Abraão Lincon.

O grupo de Abraão ganhou ainda mais força após a morte de Paulo Márcio, e daí em diante o grupo do 55 (PSD) foi crescendo a cada dia mais, e Abraão seguiu trabalhando dia e noite para retomar o poder do município.

E o grande dia chegou, tudo porque no último domingo (15), embaixo de chuva e em meio a uma pandemia do coronavírus, a população saiu de suas casas e escolheu Abraão Lincon como o próximo prefeito de Água Doce do Norte, ele teve 3.931 votos, contra 3.240 votos do segundo colocado, Vaílton Vieira. Wanderson Transportes com 648 e Douglas Gaúcho com 317 completaram a disputa.

Fonte: portaladn

Leia mais

Grupo farmacêutico confirma operações de novo centro de distribuição no ES a partir de julho

Foto: Rodrigo Araujo/Governo-ES Em reunião com o governador Renato...

Saúde faz balanço das ações no combate à Covid-19

O Ministério da Saúde já distribuiu 301,5 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para garantir a proteção dos profissionais de saúde Foto: Agência...

Senado aprova a compensação da ordem de R$ 58 bilhões aos estados e municípios

A proposta de transferência obrigatória da ordem de R$ 58 bilhões da União para os Estados, Municípios e o Distrito Federal deu o primeiro...

Acordo com Assembleia vai gerar economia de R$ 6 milhões para o Espírito Santo

Acordo firmado com o Executivo prevê contingenciamento de até 4% no duodécimo entre maio e dezembro de 2020 Por Karina Borgo O acordo firmado entre a...

Leia também

Força Federal fará segurança de três municípios durante a votação do segundo turno

As cidades de Manaus (AM), Fortaleza (CE) e Caucaia (CE) terão o reforço da Força Federal no segundo turno das eleições no próximo domingo...

Quatro policiais militares são presos no ES após drogas serem encontradas e viatura

Quatro policiais militares tiveram a prisão preventiva decretada...

Anvisa recebe documentos para submissão contínua da vacina contra Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu os dados referentes aos estudos não-clínicos e clínicos das fases I e II da vacina contra...