CONHEÇA A HISTÓRIA DE JAYME NAVARRO DE CARVALHO, UM CORINGA DO ESPORTE CAPIXABA

O Centro de Treinamento Jayme Navarro de Carvalho, complexo esportivo da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), auxilia no preparo e capacitação de atletas e paratletas de alto rendimento. O espaço, localizado em Bento Ferreira, Vitória, é composto por quatro ginásios esportivos, uma academia de excelência e quadra de vôlei de areia.

Os homenageados que batizam oficialmente os ginásios, aprovados por lei em 2015, são os seguintes: Algênio Moreira de Barros (espaço utilizado para as lutas); Audifax Barreto e Paulo Valiate Pimenta (ambos poliesportivos); e Eduarda Mello Queiroz Rodrigues Pinho (para a ginástica rítmica).

Mas você sabe quem foram essas personalidades que deram grandes contribuições e lutaram para elevar o desporto capixaba? Com início nesta segunda-feira (18), a Sesport vai publicar uma série de matérias que conta a história de vida e a trajetória no esporte de cada um deles.

Para dar início às homenagens, vamos recordar o atleta e dirigente que dá nome ao Centro de Treinamento:

Jayme Navarro de Carvalho

Jayme Navarro de Carvalho é considerado um coringa para o esporte capixaba, pois praticou basquete, futsal, vôlei e waterpolo, modalidade em que conquistou o bicampeonato estadual pelo Clube de Regatas Saldanha da Gama, nos anos de 1940 e 1941. Mas ganhou destaque mesmo foi no remo, pela mesma instituição, entre os anos de 1947 e 1958, quando chegou a se sagrar vice-campeão brasileiro, além de conquistar medalhas em diversos torneios estaduais.

Já em 1969, tornou-se presidente do clube, onde permaneceu por oito anos consecutivos. Um de seus feitos mais notórios foi o de implementar em uma equipe, pela primeira vez no Estado, um preparador físico.

Em depoimento publicado no livro “Remo capixaba – Esporte Memória”, do autor Álvaro José Silva, Jayme comentou sobre a tradicional disputa entre os dois maiores clubes do remo capixaba, Álvares Cabral e Saldanha da Gama. “Sempre houve essa rivalidade muito grande entre Saldanha e Álvares, a tônica que mantém o remo em Vitória”, afirmou.

Além de contribuir muito com o esporte por meio da prática, Jayme Navarro de Carvalho também dá nome à Lei Municipal nº 3.746, de 11 de setembro de 1991, criada em apoio ao esporte capixaba.


Leia mais

Leia também