Confira se seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos

O vazamento de dados que ocorreu em janeiro preocupa os 223 milhões de brasileiros que foram vítimas. Algumas semanas depois, aproximadamente 102,8 milhões de números telefônicos também foram expostos, deixando em ricos as pessoas nomeadas como titulares das ferramentas.

Com a exibição de tanta informação pessoal, existem várias dúvidas e receios sobre a utilização inapropriada desses dados, pois podem ser usados para abrir contas bancárias ou contratação de empréstimos, por exemplo. Porém, para aqueles que tiveram seus dados vazados é possível, de maneira fácil, detectar fraudes em seu nome.

O Banco Central disponibiliza um site chamado Registrato, onde é possível para o cidadão consultar as contas correntes, financiamentos, chaves Pix, operações de câmbio, transferências internacionais e empréstimos vinculados ao seu CPF. Para acessar todas essas informações, basta fazer um cadastro bem simples.

Como fazer a consulta?

O site Registrato é viável para computadores e celulares, sendo o celular a melhor forma para acessa-lo por ser mais rápido e objeto. Para isso, acesse o sitewww.bcb.gov.br/cidadaniafinanceira/registrato e, em seguida, siga o passo a passo abaixo:

1 – Informe se é “pessoa física” ou “Pessoa jurídica”;

2 – Valide sua identidade por meio do Internet Banking, celular, computador ou com certificado digital (no caso de pessoa jurídica);

3 – Pelo celular, clique na opção “Registrato” diretamente no aplicativo do seu banco, digite sua senha e gere um PIN;

4 – Você será encaminhado para o site do Banco Central. Faça login com seu e-mail, crie uma nova senha e finalize o credenciamento.

Depois do passo a passo e registro confirmado, o cidadão terá todas as informações disponíveis na plataforma em que o seu CPF esteja envolvido. Caso detecte algum dado, como conta ou empréstimo que não corresponde as suas ações, deve-se procurar imediatamente a instituição financeira em questão ou Banco Central.

 

Leia mais

Leia também