Concessão do abono permanência a servidores do Estado passa a ser informatizada

Já está disponível no Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siarhes) uma nova ferramenta para a concessão do abono permanência aos servidores da Administração Direta do Governo do Estado do Espírito Santo.

O mecanismo, desenvolvido pela Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger) e pelo Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), possibilita o registro provisório do direito, a geração do ato diretamente pelo sistema, a concessão após publicação e a inserção dos dados de publicação de forma coletiva.

De acordo com a gerente do Siarhes, Fernanda Coutinho, a implementação da nova ferramenta agilizará o trabalho dos profissionais que atuam na área de Recursos Humanos. “A atualização do processo otimiza o tempo despendido para sua execução, desde a solicitação do direito até sua publicação e concessão. Além disso, garante maior segurança aos dados cadastrados, pois substitui as intervenções manuais e individuais no sistema”, destacou.

Abono permanência

É um benefício monetário, equivalente ao valor mensal da contribuição previdenciária, a que tem direito o servidor efetivo da ativa, após ter completado as exigências para aposentadoria voluntária e optado por permanecer em atividade até o limite de 75 anos (base legal: Lei Complementar Nº 282/2004 e Lei Complementar Nº 152/2015).

De janeiro a julho deste, foram registradas cerca de 260 concessões de abono permanência aos servidores da Administração Direta. Uma média de 37 concessões por mês.