Comunidades terapêuticas poderão acolher jovens entre 12 e 18 anos

Comunidade Terapêutica

Entrada da Comunidade Terapêutica Bom Pastor em Ouro Branco (MG) Foto: Secretaria de Segurança Pública de Minas Gerais

O Conselho Nacional de Políticas Sobre Drogas (Conad) se reuniu, nessa segunda-feira (6), de maneira extraordinária para tratar de pontos fundamentais que ajudem o País avançar ainda mais no combate às drogas e na recuperação e reinserção social de dependentes químicos e seus familiares.

Entre os temas falados está a regulamentação do acolhimento de jovens com idade entre 12 e 18 anos incompletos em comunidades terapêuticas. O documento aprovado prevê a adesão de maneira voluntária e com autorização prévia, por escrito, de um dos pais ou responsável legal. 

Somente deverão ser acolhidos adolescentes que façam uso, abuso ou estejam dependentes de álcool e outras drogas, com necessidade de proteção e apoio social e previamente avaliados pela rede de saúde e pela equipe multidisciplinar e multisetorial própria, ou da rede. Vale destacar que todas as garantias previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) foram respeitadas.

No âmbito da prevenção, o Conad aprovou as recomendações para os órgãos do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre drogas (Sisnad) para campanhas de prevenção ao uso de tabaco e seus derivados, álcool e outras drogas. O texto trabalha no fortalecimento da família e nos vínculos familiares como forma de evitar que pessoas acabem caindo no mundo das drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas. 

Todas as campanhas e programas educacionais e preventivos devem ser fundamentados em evidências científicas, de forma que sejam respeitadas as diferenças sociais, raciais, religiosas ou de gênero, garantindo a diversidade sem estigmatizar os dependentes químicos.

Política sobre drogas

A última pauta da reunião marcou a posição clara do governo do presidente Jair Bolsonaro no que diz respeito às diretrizes internacionais da política de drogas. O Conad colocou-se contrário às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), feitas à Comissão de Narcóticos da Organização das Nações Unidas (ONU), para a flexibilização e redução do controle internacional sobre a cannabis e seus derivados.

A decisão do governo brasileiro foi respaldada por nota técnica apresentada pela Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania que expôs as razões técnicas e científicas contrárias à redução do controle internacional da maconha.

O secretário nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, Quirino Cordeiro, explicou que a decisão do conselho é de suma importância, pois se define a posição que o Brasil tomará em dezembro deste ano, quando a Comissão de Narcóticos da ONU se reunirá para votar o tema. 

O secretário ressaltou ainda a importância da realização de rigorosos testes científicos para qualquer eventual uso terapêutico da cannabis: “não é mais possível que essa situação seja explorada de maneira ideológica por grupos que querem liberar a cannabis no Brasil. Não se pode aceitar que a sociedade seja enganada por grupos de interesse que querem explorar um eventual mercado da cannabis. O uso terapêutico restrito de uma única molécula não pode ser usado como ponta de lança para a liberação dessa droga no país” declarou Cordeiro.

 

Com informações do Ministério da Cidadania

 

Leia mais

Pediatras e clínicos recebem treinamento para manejo de vias aéreas no Himaba

Cerca de 230 médicos pediatras e clínicos passaram por treinamentos nas últimas semanas no Hospital Estadual...

Procon-ES prorroga suspensão dos prazos processuais e audiências de conciliação

Como medida de prevenção e controle do novo Coronavírus (Covid-19), o Instituto Estadual de Proteção e...

Leia também

Homem morre afogado no Rio Cricaré, em Nova Venécia

Um homem morreu afogado na tarde deste domingo (20), no Rio Cricaré, em Nova Venécia. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima, ainda não identificada,...

Climatempo alerta para risco de temporais e mar agitado no Espírito Santo

A passagem de uma frente fria vai provocar...

Batida frontal entre caminhão e van deixa 12 mortos e 1 ferido em MG

Van que se envolveu no acidente em Patos...

Incêndio provoca destruição em fazenda de comerciante de Água Doce do Norte

Um grande incêndio tirou o sono de diversos moradores e agricultores de Água Doce do Norte na noite deste sábado, 19 de setembro de...