Comunidades de Linhares terão renda extra com cultivo integrado de peixes e hortaliças

Compartilhe

 

Imagem: NITRO Historias Visuais

O projeto de aquaponia
“Cultivando para Pescar” iniciou os testes de operações na comunidade de Areal,
em Linhares (ES). A iniciativa possibilita o cultivo integrado de hortaliças e
a criação de peixes. Além de Areal, as comunidades de Povoação, Regência e
Entre Rios também estão em atendimento pelo projeto.

Desenvolvido pelo Instituto
Federal do Espírito Santo (Ifes) – campus de Piúma/FACTO e tendo a Fundação
Renova como responsável pelo repasse dos recursos, o projeto possibilitará uma
fonte alternativa de renda para a população impactada pelo rompimento da
barragem de Fundão (MG).

O sistema de aquaponia
permite a integração da criação de organismos aquáticos (aquicultura) com o
cultivo de hortaliças (hidroponia), por meio do aproveitamento da água e do
efluente (resíduo) da aquicultura, utilizados como substrato para as plantas.
Os peixes criados em tanques e alimentados com ração liberam dejetos ricos em
nutrientes, que podem ser bombeados para outra parte do sistema, onde estão as
hortaliças. Assim, as raízes das plantas, cultivadas em sistemas flutuantes,
retiram os nutrientes e purificam a água, que retorna ao local onde são
produzidos os peixes.

Nove tanques de aquaponia
serão instalados em cada comunidade, totalizando 36. Até o momento, o sistema
de Areal está em fase de testes, tendo sido concluído o da parte hidráulica.
Com a conclusão dos testes hidráulicos do sistema, um teste de povoamento de
peixes foi realizado em 18 de abril e vem sendo acompanhado pela equipe.

A próxima comunidade a ser
concluída a montagem do sistema de aquaponia é a de Povoação, em paralelo com o
início da montagem nas demais, Regência e Entre Rios.

“As comunidades terão a
oportunidade de desenvolverem uma nova atividade produtiva e sustentável. Além
disso, o projeto contribuirá também para a geração de renda, a seguridade
alimentar e o fomento à economia local”, diz Arthur Lima, analista do Programa de Retomada das
Atividades Aquícolas e Pesqueiras da Fundação Renova.

Capacitações

A oferta de cursos de
capacitação aos participantes faz parte do projeto. Até o momento, 162 pessoas
já participaram das capacitações nas quatro comunidades. Foram realizados os
cursos de Piscicultura Superintensiva (quatro comunidades), Hidroponia (Entre
Rios, Areal e Povoação) e Beneficiamento de Pescados (Areal).

Os cursos de Mecanização e
automação do cultivo e Formação de custo e preço serão ministrados ainda neste
ano pela equipe executora do Ifes/FACTO.

Etapas

Em Areal, após o início da
fase de testes dos equipamentos, no mês de abril, as próximas etapas serão
compostas pela montagem das estufas (sistema de produção das hortaliças). Neste
sistema de aquaponia serão cultivados a tilápia e a alface, pela grande
aceitação por parte dos consumidores.

Sobre a Fundação Renova

A Fundação Renova é uma entidade de direito privado, sem fins
lucrativos, constituída com o exclusivo propósito de gerir e executar os
programas e ações de reparação e compensação dos danos causados pelo rompimento
da barragem de Fundão.

A Fundação foi instituída por meio de um Termo de Transação e de
Ajustamento de Conduta (TTAC), assinado entre Samarco, suas acionistas Vale e
BHP, os governos federal e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo,
além de uma série de autarquias, fundações e institutos (como Ibama, Instituto
Chico Mendes, Agência Nacional de Águas, Instituto Estadual de Florestas,
Funai, Secretarias de Meio Ambiente, dentre outros), em março de 2016.

Leia também

Moto pega fogo após queda de motociclista em Nova Venécia

Uma cena diferente parou o trânsito e chamou a atenção do público na tarde desta sexta-feira (24) em...

Anvisa determina suspensão do agrotóxico carbendazim

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta terça-feira (21) a suspensão cautelar da importação, produção, distribuição...

Escola de Nova Venécia apresenta resultados das atividades do Tempo Integral

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), apresentou à toda comunidade veneciana,...

Indústria química critica veto ao Reiq e diz que concorrentes têm regimes semelhantes

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a Medida Provisória 1.095/2021, que altera o Regime Especial da Indústria...

Governo Federal, por meio da Polícia Federal em parceria com o Incra, visa combater crimes fundiários no país

Uma parceria entre o Incra e a Polícia Federal (PF) ajudará a combater com mais rapidez e eficiência...

Prefeitura constrói bueiro no Córrego Aventureiro

A secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, com seus servidores construíram mais...