Combate a queimadas ganhará reforço de 100 novos veículos

O trabalho de combate e prevenção aos incêndios florestais em parques nacionais e outras unidades de conservação federais ganhará reforço com a aquisição de 100 novos veículos. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) lançou uma licitação para investir cerca de R$ 70 milhões na aquisição de 50 caminhões que armazenam água e 50 tratores.

O investimento beneficiará cerca de 100 unidades de conservação espalhadas por todo o país. Os veículos serão usados, por exemplo, na Chapada dos Veadeiros, Chapada dos Guimarães, Pantanal, Chapada Diamantina, Serra da Canastra e Serra do Cipó.

“É uma ação importante de prevenção e combate aos incêndios a aquisição de veículos modelo caminhão-pipa e também aqueles tratores com esteiras que têm uma pá para abrir aceiros e ajudar nos acessos”, explicou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

E completou: “Esse valor de R$ 70 milhões é bastante significativo e vamos alocar esses veículos nos locais mais sensíveis em termos de risco de incêndio no período seco”.

Prevenção

Ricardo Salles destacou que medidas de prevenção vêm sendo tomadas no intuito de reduzir o foco de incêndios no período da seca. “Trabalho de prevenção, ele é fazer os aceiros, permitir a limpeza dos locais, treinar brigadistas, comprar equipamentos, entre eles, os caminhões-pipa e os tratores de esteira são muito importantes, e, claro, quando chegar o período mais seco e tiver que combater, que esperamos que tenha menos focos de incêndio que no ano passado, nós estaremos bem treinados, equipados e com uma estratégia definida para que tenha bastante efetividade”, explicou.

Os veículos

Os caminhões deverão ter capacidade de transportar sete mil litros e serão equipados com tração 4×4, mangotes laterais e bomba extra para operar mata adentro, com possibilidade de extensão da mangueira. Eles terão ainda esguicho-canhão para ataque rápido desde a beira da estrada.

Já os tratores, com implementos especializados, ajudarão na realização de desbastados de vegetação para impedir a propagação de incêndios, os chamados ‘aceiros’, e limpeza de folhas e galhas em ações de prevenção.

Capacitação para a prevenção aos incêndios

Anualmente, o ICMBio promove cursos de formação das brigadas nas unidades de conservação. São mais de 15 mil brigadistas capacitados para prevenir e combater as queimadas nas áreas protegidas.

Segundo o ministro Ricardo Salles, as medidas de prevenção aos incêndios florestais têm sido fortalecidas constantemente. “O ano passado já representou um aumento de 60% no número de brigadistas. O ICMBio e o Ibama, juntos, contrataram cerca de 3 mil brigadistas temporários para além do uso de 10 aeronaves que fazem o despejamento de água, além dos helicópteros. Já houve no ano passado, portanto, um esforço muito grande do Governo Federal e que se reforça ainda mais neste ano.”

Combate a queimadas ganhará reforço de 100 novos veículos

O investimento beneficiará cerca de 100 unidades de conservação, incluindo a Chapada dos Veadeiros. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Leia mais

Leia também