Combate a crimes e desmatamento estão na mira de operação na Amazônia Legal

Combate a crimes e desmatamento estão na mira de operação na Amazônia Legal

Operação Verde Brasil 2 vão ocorrer na faixa de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos estados da Amazônia Legal
– Foto:
Foto: EBC

Uma área da União próxima a cidade de Marabá (PA), devastada pela extração ilegal de madeira e garimpo clandestino, foi o cenário encontrado por militares e fiscais com a deflagração da Operação Verde Brasil 2, que teve início nessa segunda-feira (11). A iniciativa do Governo Federal tem ações para combater crimes ambientais como o desmatamento e focos de incêndio na Amazônia Legal.

Com a chegada dos militares, a maioria das pessoas que estava trabalhando no local fugiu e abandonou os equipamentos. Os agentes e soldados apreenderam máquinas e prenderam uma pessoa que estava armada. Na área devastada, principalmente pelo garimpo ilegal, será implantado um projeto de recuperação ambiental.

“Os delitos ambientais agridem esse futuro da região amazônica, seja na água, seja nas nossas selvas, na vegetação, seja nos recursos minerais. Então, quando extraídos ilegalmente são recursos que o País perde em divisas e que deveriam retornar ao uso do próprio brasileiro e do morador da região amazônica”, disse o general Teche.

A operação

As ações da Operação Verde Brasil 2 vão ocorrer na faixa de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos estados da Amazônia Legal. De acordo com o Ministério da Defesa, até o momento, estão empregados 3,8 mil militares, 110 viaturas, 20 embarcações e 12 aeronaves.

O general Teche explicou que, por se tratar de uma região extensa e de mata densa, a fiscalização impõe desafios diários aos militares e agentes ambientais. “Um dos grandes desafios são as grandes distâncias da região amazônica. Outro grande desafio são as redes de acesso, normalmente as estradas que tem parte asfaltada e parte de terra e com as chuvas dificulta muitas vezes o movimento das nossas tropas”, relatou.

O general Teche, comandante da 23ª Brigada de Infantaria de Selva de Marabá, explicou que as ações de combate aos crimes ambientais são fundamentais para preservar um patrimônio do povo brasileiro, que é a Amazônia.

Atuação das Forças Armadas

A Operação Verde Brasil 2 conta com a autorização para emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e para ações subsidiárias, conforme previsto em decreto presidencial. A previsão é que os trabalhos durem até o dia 10 de junho. O orçamento inicial é de R$ 60 milhões.

Segundo o general Teche, o papel das Forças Armadas é atuar em apoio aos demais órgãos que participam. “Nosso papel principal é, em coordenação com as agências ambientais, com os órgãos de segurança pública e de fiscalização, apoiar esses órgãos para que nesse período que está decretado o GLO eles tenham melhores condições de cumprir suas missões constitucionais”, afirmou.

 

Leia mais

ES Solidário já entregou 60 toneladas de doações de donativos e fortalece atendimento à população no interior

O ES Solidário fortaleceu as entregas de cestas básicas, arrecadadas através do programa, no interior do...

MS cria estratégias para reabastecimento de medicamentos contra Covid-19

Nesta terça-feira (25), o Ministério da Saúde anunciou estratégias de reabastecimento de medicamentos de intubação para estados e municípios como forma de enfrentamento à...

Turistas e moradores enchem praias de Guarapari no primeiro dia após liberação

Um dia após a Prefeitura liberar a presença...

Flamengo busca hoje título de campeão da Taça Rio e Carioca contra o Fluminense

Fluminense e Flamengo medem forças em campo pela terceira vez em 2020. Nesta quarta-feira, 8, às 21h30 (de Brasília), a dupla decide o título da Taça Rio, no...

Leia também

Equipe do SESI Canaã Goiânia recebe prêmio de Melhor Proposta de Impacto Social em torneio de robótica com foco na prevenção à Covid-19

A equipe de garagem do SESI Canaã Goiânia, Aghaton, foi premiada no Torneio SESI de Robótica – Desafio Covid-19 com o prêmio de Melhor...

Projeto de filtro sanitizante para vaso sanitário, de Birigui-SP, vence desafio de robótica voltado para prevenção ao coronavírus

Com o projeto de um filtro sanitizante para vaso sanitário, alunos da unidade do SESI de Birigui, em São Paulo, venceram o Torneio SESI...

Famílias assentadas terão novo crédito habitacional

Um total de R$ 340 milhões para essa linha de crédito já está disponibilizado para os assentados Foto: PR Um novo crédito habitacional para famílias...

PL que institui programa de recuperação tributária aguarda parecer na Câmara desde junho

Com a promessa de preservar negócios e manter emprego e renda no atual cenário econômico, o projeto de lei que institui o Programa Extraordinário...