Com semestre especial, matrículas da Ufes começam em agosto

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) definiu que as matrículas para o semestre letivo especial de 2020 poderão ser feitas de 31 de agosto a 2 de setembro. O retorno das aulas, inicialmente em modalidade não presencial, vai acontecer no dia 9 de setembro, com término em 15 de dezembro.

A realização de atividades de ensino por meio da modalidade ensino-aprendizagem remoto na graduação e pós-graduação foi aprovada no último dia 12.

Nesta terça-feira (18), a Ufes aprovou a Resolução 20/2020, que regulamenta a implementação do Ensino-Aprendizagem Remoto Temporário e Emergencial (Earte), a oferta de disciplinas do semestre especial, a reorganização dos planos de ensino das disciplinas e das atividades ofertadas, e a frequência.

A Pró-Reitoria de Graduação publicará uma instrução normativa de orientação dos critérios e das formas de avaliação que poderão ser adotados na vigência do Earte.

Já o calendário acadêmico foi definido através da Resolução nº 31/2020.

Na Ufes, as aulas presenciais dos cursos de graduação e de pós-graduação estão suspensas desde o dia 18 de março, por causa da pandemia do novo coronavírus.

Acesso à internet

O Cepe também aprovou que a Administração Central da Ufes deverá garantir a inclusão digital dos estudantes que não possuam equipamentos adequados (notebook ou desktop) e/ou condições de acesso à internet que permitam a efetiva participação nos processos de ensino-aprendizagem.

Segundo a Universidade, isso já está em andamento por meio das chamadas de cadastro para os editais de Auxílio Inclusão Digital Emergencial – Graduação, Pós-Graduação e Acessibilidade.

Além disso, também foi aprovada a resolução que institui o Auxílio Emergencial de Inclusão e Acessibilidade Digital, com o objetivo de contribuir para a inclusão e a acessibilidade digital de estudantes em situação de vulnerabilidade social.

Fase 1

Com a conclusão das deliberações por parte do Conselho Universitário e do Cepe, a Ufes vai ingressar na Fase 1 proposta no Plano de Contingência, que prevê a implementação do ensino remoto emergencial para estudantes de graduação e de pós-graduação da Universidade.

Nessa etapa, a minuta de resolução aprovada propõe a flexibilização da oferta de disciplinas e a continuidade de uma política de capacitação docente em ferramentas de ensino remoto.

Prevê também excluir da oferta as disciplinas laboratoriais, os estágios (exceto os das áreas da saúde) e as aulas de campo que não puderem ser realizadas adequadamente em modo remoto.

Na Fase 1, as atividades administrativas continuarão sendo desenvolvidas remotamente. Só na terceira fase a Ufes prevê que as atividades administrativas aconteçam de forma híbrida, para que, nas fases seguintes, voltem a ser presenciais, conforme ilustra o esquema abaixo.

Leia mais

Lista com possíveis “ficha-suja” chega à Justiça Eleitoral

Tribunais de Contas Estaduais (TCEs) de todo o país já começaram a enviar à Justiça Eleitoral as listas com os nomes de prefeitos e...

Mulher é esfaqueada por ex-namorado no bairro Vila Nova, Ecoporanga

De acordo com as informações da Polícia Militar de Ecoporanga, uma mulher identificada como F.P.S. foi vítima de tentativa de homicídio na manhã desta...

G20 injetará mais de 4.8 trilhões de dólares na economia global para combater efeitos da pandemia

Videoconferência dos líderes do G20 Foto: Marcos Corrêa/PR Os líderes do G20, após sua reunião por videoconferência nesta quinta-feira...

Novo caderno do Plano de Expansão de Energia é publicado

Documento aborda temas atuais como o real valor da transmissão e a necessidade de coordenação da expansão entre os sistemas de geração e transmissão....

Leia também

Farmácia Básica vai fechar para balanço na tarde desta quinta-feira (26)

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Venécia informa que a Farmácia Básica estará fechada para balanço do estoque de medicamentos nesta quinta-feira (26), das 11h...

Câmara aprova projeto que possibilita carga horária especial no magistério

Por unanimidade, a Câmara de Nova Venécia aprovou, na sessão desta terça-feira dia 24 de novembro, o projeto de Lei 015/2020, de iniciativa do Poder Executivo...