Com renda de R$ 400, mãe faz curso de gastronomia para garantir segurança alimentar de nove filhos

Compartilhe

Apesar das dificuldades, a capixaba Vanessa dos Santos, de 41 anos, entrou em uma faculdade de gastronomia para garantir a boa alimentação dos filhos
Apesar das dificuldades, a capixaba Vanessa dos Santos, de 41 anos, entrou em uma faculdade de gastronomia para garantir a boa alimentação dos filhos

 

Vanessa dos Santos, de 41 anos, e desempregada, tenta garantir a sobrevivência própria e a dos filhos, em Vila Velha, na Grande Vitória com uma renda de R$ 400 reais e doações da igreja. A reportagem é de João Brito e Gabriela Ribeti, g1 ES e TV Gazeta.

A casa onde mora com seis dos nove filhos, no bairro Jabaeté, não conta com itens básicos como geladeira e guarda-roupa, além de não ter banheiro, o que aumenta as dificuldades enfrentadas por todos eles.

“Não tem geladeira, nem guarda-roupa, nem cama, mais nada. No banheiro [do lado de fora] não tem descarga, e a gente usa a cortina quando usamos, porque não tem porta, e tomamos banho de balde”, conta Vanessa enquanto segura uma das filhas no colo.

Mesmo com os problemas rotineiros, há dois anos Vanessa começou a trilhar o caminho para um sonho que pode transformar a vida de toda a família.

À distância e com uma bolsa de estudos, a capixaba está perto de se formar em gastronomia. Ela conta que decidiu fazer o curso por gostar de cozinhar, e principalmente para garantir uma boa e saudável alimentação aos filhos.

Por não ter computador ou celular, Vanessa não consegue assistir às aula da própria casa, mas não mede esforços para seguir estudando. Todos os dias sai de Vila Velha e vai para a casa do irmão, na Serra, de onde acompanha o conteúdo do curso.

“Sempre gostei da área de cozinha. Nos empregos por onde passo, sempre busco [cozinhar], são sempre focados nesse meio, e aí veio essa oportunidade, nessa faculdade. Faço para pelo menos dar uma vida melhor para eles. Apesar de tudo estar caro, com o curso consigo dar para eles uma alimentação melhor. A gente vai aprendendo sobre bactérias também, sobre como ter um cuidado maior com toda a questão alimentar”, disse Vanessa.

A fome, que atinge mais de 33 milhões de brasileiros, no entanto, não faz parte dos problemas enfrentados pela família de Vanessa.

Com o auxílio federal que recebe no valor de R$ 400 e doações da igreja, consegue garantir a alimentação dos filhos, mas o custo de vida cada vez maior pode complicar o sonho de se formar e entrar para o mercado de trabalho na área.

“Está difícil. Não está fácil, não. Há muitos anos que não passei por essa situação, e estou desempregada. O último emprego que arrumei era à noite, e eu não podia deixar as crianças. Eu tento sustentar meus filhos e concluir a faculdade, para ser uma gastronoma. A previsão para me formar é em 2023”, contou Vanessa.

A linha da extrema pobreza no ES apresenta panoramas preocupantes. Cerca de 150 mil pessoas no estado vivem com menos de R$ 150 reais por mês. No Brasil, são R$ 12 milhões nessa situação.

Esses dados potencializam a insegurança alimentar, contexto no qual as pessoas não conseguem suprir necessidades e ficam sem acesso aos alimentos.

De acordo com o 2º inquérito sobre o tema, divulgado no começo de junho deste ano, mais da metade da população brasileira convive com a insegurança alimentar em algum grau, que são divididos em “leve”, “moderado” e “grave” (fome).

Ainda segundo a pesquisa, no que diz respeito ao contexto de insegurança alimentar o Brasil regrediu a um patamar equivalente ao da década de 1990.

Leia também

Homem é morto a pedradas em Água Doce no Norte; corpo foi jogado dentro de rio

Um homem de 49 anos, identificado como Divino Ramos dos Reis, com golpes de pedradas na cabeça e...

Es: carro é atingido por tiros, capota e jovem de 26 anos morre em meio a tiroteio

  Carro em que casal foi baleado ficou com marca de tiros na janela e na porta Uma jovem de...

Prefeito Elias Dal’Col dispensa a ajuda da vice-prefeita Ana da Saúde e tudo indica que romperam relações políticas

  Segundo informações extraoficiais o Prefeito Elias Dal´Col, expulsou a Vice – Prefeita da Secretaria de Saúde, ele não...

Elson e Zezinho Sanfoneiro animaram a festa da melhor idade em Barra de São Francisco; confira as fotos

https://www.facebook.com/sitebarra/videos/588711596095323 O cantor Elson, do Bonde Capixaba, e o renomado Zezinho Sanfoneiro, animaram a tarde deste domingo, 31 de...

Barra de São Francisco já está usando o novo caminhão compactador

O novo caminhão compactador de lixo, destinado pelo governo do Estado, para a prefeitura de Barra de São...

Morte de mãe é confirmada, mas criança segue desaparecida após acidente com família no Norte do ES

Um carro com uma família capotou e caiu dentro de uma represa no fim da tarde deste domingo...

Primeiro trecho do calçadão já atrai atenção dos francisquenses

Veja como ficou o primeiro trecho do calçadão entre a esquina da rua Elizeu Divino e a travessa...

Mais Você exibe macaco ao abordar racismo contra filhos de Gagliasso e Ewbank

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O programa Mais Você exibido na manhã desta segunda-feira (1º) pela Globo mostrou...