Com Netanyahu em desvantagem, eleições em Israel podem gerar novo impasse


Pesquisas de boca de urna apontam que não há um vencedor claro nas eleições gerais de Israel, organizadas nesta terça-feira (23).

Após inicialmente apontarem uma vantagem para que o atual primeiro-ministro Benjamin Netanyahu conseguisse costurar uma aliança e, enfim, ficar no poder, uma atualização dos números mostra que o premiê dificilmente obterá essa coalizão.

Pelos dados mais recentes, compilados pelo site Haaretz, o partido governista Likud não conseguiria o mínimo de 61 assentos no Knesset — nome do Parlamento israelense — nem se obtiver apoio da sigla direitista Yamina, que continua reticente a apoiar a coalizão de Netanyahu, informa o G1.

Benjamin Netanyahu

Benjamin Netanyahu

Leia mais

Leia também