Com gol, Carlos Vitor supera histórico ruim e vibra com vitória do Nova Venécia na Copa do Brasil

Compartilhe

Carlos Vitor, camisa 10 do Nova Venécia, foi o responsável por marcar o gol que garantiu a vitória de virada, por 2 a 1, sobre o Ferroviário-CE (assista), na primeira fase da Copa do Brasil 2022. Autor do gol salvador, o jogador teve motivos de sobra para comemorar nesta quinta-feira e falou sobre o papel de liderança na classificação do Leão do Norte. A reportagemé de Vitor Nicchio, do Globo Esporte Espírito Santo.

Dependendo apenas de suas forças para avançar de fase, o Nova Venécia foi para o intervalo com o revés no marcador. Na primeira e decisiva partida do Leão do Norte em cenário nacional, porém, o time veneciano soube manter o controle das ações, que só foram ter um final feliz aos 43 minutos do segundo tempo. O gol de pênalti anotado por Carlos Vitor jogou um balde de água fria no Ferroviário e, praticamente, liquidou as chances do Tubarão da Barra.

Assim como o time veneciano, Carlos Vitor também viveu momentos conturbados. Na Copa Verde 2019, pelo Vitória-ES, o meia perdeu dois pênaltis na primeira fase, diante do Brasiliense. O primeiro do lado esquerdo no jogo da ida e o segundo, do lado direito, nas penalidades máximas vencidas pelo Jacaré – 5 a 3, após 0 a 0 no agregado.

– Venho mantendo a regularidade e venho trabalhando todos os dias para estar em alto nível sempre. […] Em 2019, foi difícil pra mim por ter perdido aquele pênalti, mas depois disso eu vim treinando bastante para que em horas decisivas, que nem foi hoje, estar sendo coroado com o gol. – declarou.

Invicto na temporada (quatro vitórias e dois empates), esta foi a terceira vez que o Nova Venécia saiu atrás no placar. Acostumado à situação, a retomada do intervalo foi marcada por uma melhora significativa dentro da partida e Carlos Vitor chegou ao seu terceiro gol na temporada (todos de pênalti).

Carlos Vitor, do Nova Venécia — Foto: Thiago Félix

Carlos Vitor, do Nova Venécia — Foto: Thiago Félix

O jogador também chegou a três gols na história da Copa do Brasil. Em 2013, CV havia marcado dois gols na competição nacional, ambos pela Desportiva Ferroviária, que bateu o Atlético-AC (6 a 4 no agregado), no confronto da fase preliminar.

– Nova Venécia vem crescendo a cada campeonato e conseguimos mais um feito no primeiro ano do time na Copa do Brasil. Graças a Deus, eu pude marcar o gol da vitória. […] Independente do resultado adverso no intervalo, tínhamos que manter a nossa postura e sabíamos que conseguindo o empate, íamos pressionar para fazermos o segundo gol e conseguimos.

Classificado, o Nova Venécia enfrenta o Atlético-GO, na segunda fase da Copa do Brasil. A CBF deve confirmar nesta sexta-feira a data e o horário do jogo único que acontece em Goiânia.

O próximo compromisso do Leão do Norte é pelo Campeonato Capixaba 2022. Na segunda-feira, o Nova Venécia enfrenta o Estrela do Norte, às 20h, no estádio do Sumaré.

Leia também

Abertura total do mercado livre de energia pode injetar R$ 210 bi na economia e gerar 642 mil empregos até 2035

As famílias com renda mediana (pouco mais de um salário mínimo) comprometem 4% do orçamento com energia elétrica,...

Motociclista fica ferido em queda de moto em São Gabriel da Palha

Um motociclista ficou ferido em um acidente ocorrido na tarde desta segunda-feira (23) na rua Adroaldo Kope Pereira,...

SONO: Quantas horas você precisa dormir?

O número de horas de sono é necessidade individual. Ou seja: cada pessoa apresenta um perfil que precisa...

Defesa Civil Nacional vai repassar R$ 2 milhões a 11 cidades atingidas por desastres

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou o repasse de R$ 2 milhões...

Após denúncia, polícia prende suspeitos com armas em Barra de São Francisco

Na tarde deste domingo (22), o COPOM de Barra de São Francisco recebeu inúmeras ligações de moradores do...

ES: homem morre após ser atropelado e arrastado por 50 metros por carreta

Um homem em situação de rua morreu logo depois de ser atropelado por uma carreta na noite desta...