Colômbia segue com onda de protestos e governo diz que nova reforma tributária será apresentada


247- O recuo do governo da Colômbia, após intensos protestos da população há mais de uma semana contra reforma tributária no país, não foi suficiente para diminuir os confrontos nas ruas.  Agora, os manifestantes pedem a redução das altas taxas de pobreza, segundo a agência Sputinik News.

O excesso de força policial nos protestos antigovernamentais foram duramente criticados pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a União Europeia. Até esta quarta-feira, 05, 24 manifestantes foram mortos a tiros pela polícia em confrontos. A cidade mais atingida pelas manifestações é Cali, no sudoeste do país.


Leia mais

Leia também