CNH Social atrai 59 mil inscritos para processos de Carteiras de Habilitação gratuitas

A 1ª fase do programa CNH Social atraiu 59.064 interessados em fazer processos de habilitação de forma totalmente gratuita. O programa lançado pelo Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), vai disponibilizar 3 mil vagas de CNH para pessoas de baixa renda no Estado. As inscrições começaram no dia 29 de março e foram encerradas às 23h59 dessa quarta-feira (07).

Os candidatos serão selecionado de forma eletrônica, de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa e a lista com os 3 mil contemplados será divulgada, na próxima terça-feira (13), às 12 horas, no site www.detran.es.gov.br.

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, destaca que todo o processo acontece em formato on-line, o que é importante para dar mais transparência e efetividade ao programa, além de garantir que o cidadão possa fazer tudo de casa neste período de restrição de circulação por causa do agravamento da pandemia do novo Coronavírus no Estado.

“Desde a inscrição até a seleção, todo o processo é feito de forma eletrônica, sem interferência humana, obedecendo aos critérios estabelecidos pelo programa e considerando os dados informados pelo próprio cidadão no Cadastro Único. Isso é importante para dar transparência ao programa e conceder o benefício para quem realmente precisa e pode utilizar essa CNH como um diferencial no mercado de trabalho. Neste ano, o programa entra no pacote de medidas sociais apresentadas pelo governador Renato Casagrande como uma das ações de proteção social de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus”, ressalta Vieira.

As vagas são para Primeira Habilitação categoria A (moto) ou Primeira Habilitação B (carro) para quem quer tirar sua primeira carteira de motorista. Quem já tem carteira de motorista poderá selecionar Adição de categoria A (moto), Adição de Categoria B (carro), Mudança para Categoria D (ex.: van e ônibus) ou Mudança de Categoria E (ex.: caminhão e carreta).

Os critérios de seleção consideram, com base nos dados informados pelo cidadão no Cadastro Único, a menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição. Entre os candidatos que se declararam Pessoa com Deficiência (PCD), poderão ser contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

Também serão abertas, ainda neste ano, mais 2.500 vagas na 2ª fase do programa, em junho, e outras 2.500 na 3ª fase, em setembro, totalizando 8 mil carteiras de motorista e um investimento de R$ 11 milhões em 2021.

Chance para suplentes

Para aqueles candidatos que não forem selecionados nessa lista, haverá uma nova oportunidade de ser contemplado. No dia 1º de junho, às 12 horas, será divulgada uma chamada única de suplentes no site do Detran|ES. O objetivo é preencher as vagas remanescentes após desclassificação de candidatos que não respeitarem os prazos estabelecidos no processo de Habilitação.

Serviço:

– Resultado: dia 13 de abril, às 12 horas, no site do Detran|ES;

– Lista única de suplentes: dia 1º de junho, às 12 horas, no site do Detran|ES.

Leia mais

Leia também