Clinica DENSITOM emite nota de esclarecimento sobre pacientes no meio da rua

A Densitom de Barra de São Francisco enviou ao SiteBarra uma nota de esclarecimento sobre a situação ocorrida na semana passada.

De acordo com a publicação, o prefeito eleito da cidade, Enivaldo dos Anjos (PSD), ameaçou reincidir o contrato da prefeito com a clínica devido a maneira como estão atendendo os pacientes de Covid-19. Veja matéria aqui

“A Prefeitura contratou essa empresa para fazer esse serviço e eles se instalaram num local pequeno, sem nenhuma estrutura e colocam as pessoas no meio da rua, sem cadeira, no sol. Tomei conhecimento dessa situação e, se a clínica não providenciar imediatamente um local para receber as pessoas com dignidade, no dia 2 de janeiro o contrato estará rescindido e o município vai contratar outro prestador desse serviço”, declarou Enivaldo.

Veja abaixo a nota na íntegra

Inicialmente lamentamos o ocorrido no dia 03 de dezembro passado com uma paciente encaminhada pela Unidade de Covid-19 (Barra de São Francisco) a esta clínica. Entendemos que diante do momento acerca do cenário do novo corona vírus no que tange à estigmatização e o preconceito para com as pessoas infectadas, são notadamente explícitos. Por outro lado, tem se gerado intolerância, desrespeito, ofensas, inclusive no cotidiano dos profissionais da saúde que estão na linha de frente da produção do cuidado junto às pessoas que tem desenvolvido a doença da COVID-19 e lotado as unidades de saúde.

Prestadores de serviços à saúde, como nos colocamos, temos a obrigação de presar pelo atendimento humanizado, respeitoso, digno, e principalmente além das qualificações, sem distinções. Destacamos ainda a nossa seriedade, transparência e principalmente na concentração de esforços em atender a todos, preservando com medidas básicas e eficientes objetivando conter a rápida propagação desse agente, com práticas de distanciamento social, agendamentos de exames, seguir a legislação vigente com recomendações sanitárias criteriosamente técnicas, se estruturar em conformidade com a Vigilância Sanitária e o Conselho Regional de Medicina, atender e acomodar aos nossos pacientes com responsabilidade.

Nesse contexto de rápido aumento do número de casos e mortes, bem como a impossibilidade palpável de se vislumbrar um fim para a pandemia, os sentimentos se afloram no íntimo das pessoas: medo, ansiedade, preconceito, etc. Associado a isso vem a desinformação, o mau uso das mídias e redes sociais, que ultrapassa a linha da racionalidade com discursos que incitam contrariamente pessoas e instituições, contribuindo ainda mais para a propagação imprecisa de eventos.

A pandemia e a COVID 19 tem mostrado que uma pessoa saudável e um mundo saudável são condições equivalentes e não antagônicas, logo não há espaço para preconceitos, imposições, muito menos para estigmatizar pessoas por ter contraído o vírus; pelo contrário, vivemos um momento que cobra solidariedade e um agir com compaixão, respeito e seguir as recomendações sanitárias cabíveis no caso.

Diante do exposto, vale refletir a situação que, com mais de 15 anos de serviços prestados à Barra de São Francisco e região, apenas confirmamos que não desqualificamos pessoas, não maltratamos pessoas, não distinguimos pessoas. Decepcionante ter sua trajetória questionada e exibida negativamente sem ao menos se procurar averiguar as reais circunstâncias dos acontecimentos. Portanto cabe um pouco de lucidez, reconhecer o humano que existe em cada pessoa, o cuidado para com o outro, mesmo na exacerbação da ansiedade.

Finalmente, cumpre-nos pedir a Deus que em breve tudo caminhe para dias melhores para muitos e de conforto emocional e espiritual para aqueles que passaram pela perda de um ente querido devido a Covid-19, mantendo o senso de compaixão e solidariedade em alerta para que, quando possível, se possa voltar a abraçar, segurar as mãos e agradecer por sobreviver mais uma pandemia na história da humanidade.

DENSITOM

Di Stefano Arruda         

Leia mais

Leia também