Cinco estados e o DF ainda não formalizaram plano de retomada, diz IPEA

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mostrou que os estados de Goiás, Paraná, Roraima, Santa Catarina e Tocantins, além do Distrito Federal, não possuíam, até o final de julho, um plano de retomada econômica. As unidades da Federação não formalizaram um planejamento de como será feita a retomada gradual, com a flexibilização das medidas de distanciamento social.

Para os pesquisadores, a falta desse documento faz com que não hajam critérios claros para a reabertura de lojas e o governo fica mais suscetível à pressão de setores da economia. Assim, o retorno às atividades pode acabar sendo feito de forma desordenada.

GO: Sancionada lei que cria Secretaria da Retomada

Projeto de Lei deve criar Plano de retomada das atividades após a pandemia

Os estudos também mostraram que dos 21 estados que formularam planos de retomada baseados em indicadores de saúde pública, apenas 14 têm fórmulas de cálculo claras e transparentes. O estudo também mostrou que em muitas localidades o plano estadual não é seguido: em 14 estados pelo menos dois terços dos municípios (incluindo a capital) seguem o planejamento. Para os pesquisadores, o maior obstáculo para uma retomada efetiva é a falta de uma política de testagem da população.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Leia mais

Leia também