Cinco cidades da Região Norte atingidas por desastres receberão mais de R$ 2,5 milhões para ações de defesa civil

Compartilhe

Cinco cidades da Região Norte do País atingidas por desastres naturais vão receber mais de R$ 2,5 milhões para ações de defesa civil. As portarias com as liberações dos recursos foram publicadas na edição desta sexta-feira (22) do Diário Oficial da União (DOU).

No Pará, o município de São Félix do Xingu vai receber mais de R$ 413 mil para o restabelecimento de pontes e bueiros. Já Concórdia do Pará terá mais de R$ 67 mil para a compra de combustível e aluguel de lanchas e barcos. As duas cidades foram afetadas por inundações.

Bom Jesus do Tocantins, também no Pará, atingida por enxurradas, terá à disposição mais de R$ 352 mil para a construção de cabeceiras de concreto para ponte.

Já a cidade de Jutaí, no Amazonas, vai ter mais de R$ 936 mil para a compra de cestas básicas, colchões, redes, combustível, marmitex, lanches, kits de limpeza, higiene e dormitório, além de aluguel de embarcação.

Por fim, o município de Atalaia do Norte, também no Amazonas, terá mais de R$ 792 mil para cestas básicas, combustível, colchões, redes e kits de limpeza e dormitório, além do aluguel de transporte fluvial e terrestre. Tanto Jutaí quanto Atalaia do Norte foram atingidas por inundações.

Como solicitar recursos federais

Após a concessão do status de situação de emergência pela Defesa Civil Nacional, os municípios atingidos por desastres estão aptos a solicitar recursos para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Capacitações da Defesa Civil Nacional

A Defesa Civil Nacional oferece uma série de cursos a distância para habilitar e qualificar agentes municipais e estaduais para o uso do S2iD, a partir do Plano de Capacitação Continuada em Proteção e Defesa Civil. As capacitações têm como foco os agentes de proteção e defesa civil nas três esferas de governo. Confira neste link a lista completa dos cursos de capacitação.

Foto: Divulgação/MDRFoto: Divulgação/MDR

Leia também

Prefeitura constrói bueiro no córrego do Engenho

A Prefeitura de Barra de São Francisco, através da Secretaria Municipal de Transportes e Estradas (SEMTE) entregou mais...

Carreata “Esquenta Pomitafro” movimenta ruas de Vila Pavão

  Vila Pavão já está em clima de Pomitafro. A carreata do “Esquenta Pomitafro”, realizada na manhã da última...

Supera Barra de São Francisco: agende uma aula grátis

Supera - Ginástica para o cérebro Agende uma aula grátis 27 99723-0030 https://youtu.be/iPOMUuw-xp4

Time do 2º BPM é vice-campeão da Copa ACS de Futebol Feminino

  As Leoas do Norte, time que representa o 2º Batalhão de Polícia Militar, foi vice-campeão da 1ª Copa...

Vacinação de crianças e adolescentes contra poliomielite e outras doenças começa nesta segunda-feira

Entre os dias 08 de agosto e 09 de setembro, pais e responsáveis poderão ampliar a proteção de...

CÂNCER DE BOCA: o que é, sintomas e tratamento

Você conhece alguém que já teve câncer de boca? Sabe como reconhecer e se prevenir dessa doença? Neste...

Hortões da prefeitura de Barra de São Francisco produzem 788 kg de legumes e 189 caixas de verduras no mês de julho

Os hortões implantados em Barra de São Francisco através da Secretaria Municipal de Agricultura, um deles em parceria...

Cássio Barros avalia a Portuguesa-RJ, próximo adversário do Nova Venécia

  O Nova Venécia está de volta ao Espírito Santo, e traz na bagagem a classificação para as oitavas...