Cidades de quatro estados receberão recursos para investir em mobilidade urbana

Mobilidade urbana

Programa Avançar Cidades prevê criação de ciclovias
– Foto:
MDR/divulgação

A cidade de Paracatu, localizada na região Noroeste de Minas Gerais, terá R$ 19 milhões para investir em ações voltadas para a mobilidade urbana. Os recursos para financiamento são do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e serão disponibilizados por meio do Programa Avançar Cidades, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). As iniciativas incluem obras de pavimentação, instalação de sistemas de microdrenagem e sinalização viária, além da construção de ciclovias e calçadas com acessibilidade.

Outros cinco municípios de três estados também receberão recursos. No total, o aporte autorizado soma R$ 30,5 milhões. Os gaúchos São Vendelino e Sinimbu captarão, respectivamente, R$ 4,6 milhões e R$ 2,3 milhões. As cidades paranaenses de Mauá da Serra (R$ 1,4 milhão) e Florestópolis (R$ 718,1 mil) também foram contempladas. Por fim, Grão Pará (SC) terá acesso a R$ 2,3 milhões.

“Estamos fazendo um grande esforço, no âmbito de todo o Governo Federal, para garantir a continuidade e novas contratações de obras de infraestrutura. Nosso objetivo é aquecer o mercado e gerar empregos neste momento em que o País enfrenta a pandemia de Covid. Essa é uma orientação clara do presidente Jair Bolsonaro”, explica o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Os projetos integram a quarta lista de propostas aprovadas pelo MDR no âmbito do Grupo 1 em 2020. As selecionadas anteriormente podem ser acessadas aqui.

O Programa Avançar Cidades 

Mobilidade Urbana está dividido em dois grupos, conforme o porte do município. O Grupo 1 é composto por cidades com até 250 mil habitantes, enquanto o Grupo 2 inclui os centros urbanos com população superior a 250 mil moradores.

A divulgação das Portarias de seleção de proposta representa a última etapa para a obtenção do financiamento. As cartas-consulta foram apresentadas aos agentes financeiros e obtiveram parecer favorável aos projetos básicos dos empreendimentos e às análises de risco e de engenharia.

Condições de financiamento

Os recursos disponibilizados para o Avançar Cidades – Mobilidade Urbana são oriundos do FGTS, conforme o previsto no programa Pró-Transporte, regulamentado pela Instrução Normativa n. 27/2017.

A taxa nominal de juros das operações de empréstimo do Pró-Transporte é de 6% ao ano, podendo ser acrescida taxa diferencial de até 2% e taxa de risco de crédito de até 1%. O prazo para a quitação total pode chegar a 20 anos, com carência de até 48 meses para o início do pagamento. Após a seleção final pelo MDR, os municípios têm até um ano para formalizar a contratação da proposta com o agente financeiro.

 

Leia mais

Ação policial apreende jovem e adolescente com drogas em São Gabriel da Palha

Policiais militares do 2° Batalhão detiveram dois jovens e apreenderam um adolescente, na tarde de terça-feira (23/06/2020), acusados de envolvimento com o tráfico de...

Climatempo alerta para risco de temporais e mar agitado no Espírito Santo

A passagem de uma frente fria vai provocar...

Banestes promove ações de conscientização em apoio à Semana da Segurança Digital

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) realiza, entre este domingo (25) até o próximo dia 31 de outubro, a segunda edição da Semana da...

ES: motociclistas fazem protesto e pedem justiça após morte de entregador

Protesto de motociclistas na Reta da Penha, em Vitória — Foto: Amarildo Motociclistas fizeram um protesto, na tarde desta para pedir justiça pela morte do...

Leia também

MG: Crea apresenta propostas de engenharia, agronomia e geociências para candidatos nas eleições municipais

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) de Minas Gerais apresentou uma carta de propostas de geociências, agronomia e engenharia aos candidatos ao...

BA: UPB afirma que competência de fiscalizar servidor que recebe auxílio é da União

A Coordenação Jurídica da União dos Municípios da Bahia (UPB) decidiu que os municípios não possuem competência, nem aparato técnico para o controle do...

Governo estuda transformar fundos de desenvolvimento regional em fundos de natureza privada

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) estuda transformar Fundos de Desenvolvimento Regional do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste em fundos de natureza privada....

RN: Secretaria do estado orienta unidades de saúde a investigarem possíveis casos de reinfecção por Covid-19

A Secretaria de estado de Saúde Pública do Rio Grande do Norte solicitou, por meio de nota técnica, que as unidades de saúde acompanhem...