China divulga resultados da implementação do Plano de Ação Nacional de Direitos Humanos


Rádio Internacional da China – O Gabinete de Imprensa do Conselho de Estado da China apresentou num briefing realizado na segunda-feira (31) os resultados da implementação do Plano de Ação Nacional para os Direitos Humanos (2016-2020). Nos últimos cinco anos, as principais metas e tarefas foram cumpridas. O novo Plano de Ação Nacional de Direitos Humanos está sendo formulado e será emitido em breve.

De acordo com o diretor de comunicação sobre direitos humanos do Gabinete, Li Xiaojun, a implementação do Plano elevou o nível de proteção dos direitos econômicos, sociais e culturais do povo chinês para um novo patamar, fazendo com que os direitos cívicos e políticos tenham sido protegidos e os direitos das mulheres, das crianças, dos idosos e dos deficientes tenham sido garantidos. Além disso, promoveu a educação sobre os direitos humanos, assim como os intercâmbios e cooperação internacionais neste domínio.

O diretor executivo do Instituto de Direitos Humanos da Universidade do Sudoeste de Ciência Política e Direito, Zhang Yonghe, disse que o governo chinês tem aprofundado as reformas, adotando uma série de medidas para promover o desenvolvimento e melhorar a vida do povo, como férias anuais remuneradas, educação vocacional e educação continuada.

(Foto: Mídia chinesa)

Leia mais

Leia também