China denuncia bloqueio estadunidense contra Cuba e sanções a outros países


Relatório do Gabinete de Informação do Conselho de Estado da China divulgado nesta quarta-feira (24) denunciou o bloqueio econômico, financeiro e comercial dos Estados Unidos contra Cuba e as sanções contra Venezuela, Síria e Irã.

De acordo com o governo chinês, estas políticas punitivas violam as garantias da população de todos estes países, pois dificultam o seu pleno desenvolvimento socioeconómico e o acesso a produtos para as necessidades básicas.

A China deplora o ressurgimento de medidas em meio à pandemia Covid-19, uma época de ameaça à vida, à saúde e ao bem-estar do ser humano e que exige trabalho conjunto e solidariedade global para superá-la.

“As sanções unilaterais agravaram a crise humanitária, tornaram mais difícil para os países sancionados obter os suprimentos de saúde tão necessários a tempo”, concluiu o relatório, segundo informações do boletim Panorama Mundial. 

China considera que bloqueio a Cuba é ainda mais prejudicial durante a pandemia

China considera que bloqueio a Cuba é ainda mais prejudicial durante a pandemia (Foto: Prensa Latina)

Leia mais

Mais uma empresa adere ao programa

Leia também