China acusa forças ocidentais de difundirem mentiras sobre Xinjiang


De acordo com o porta-voz da chancelaria chinesa, Wang Wenbin, forças ocidentais anti-China difundem mentiras sobre a região de Xinjiang. 

Wenbin declarou em entrevista coletiva na última segunda-feira (8), que há “uma tentativa de interferir nos assuntos internos da China por questões relacionadas a Xinjiang”, mas essa tentativa “não terá sucesso”, informa a Xinhua.

Wang disse que mais de 1.200 pessoas de mais de 100 países, incluindo funcionários da ONU, enviados estrangeiros para a China, representantes permanentes de alguns países em Genebra, repórteres e pessoas de organizações religiosas, visitaram Xinjiang desde 2018.

Ele destacou que aqueles que visitaram Xinjiang testemunharam a estabilidade e a prosperidade da região e elogiaram a experiência de Xinjiang no combate ao terrorismo e na desradicalização, e que isso vale a pena ser aprendido.

Wang disse que a China vê com bons olhos a visita de mais estrangeiros em Xinjiang para que tenham uma compreensão real do crescimento econômico de Xinjiang e da vida pacífica e feliz da população.

Wang Wenbin, porta-voz da chancelaria chinesa

Wang Wenbin, porta-voz da chancelaria chinesa (Foto: Diário do Povo on line)

Leia mais

Leia também