Chapada dos Guimarães ganha cadeiras de rodas especiais

Compartilhe

Mais uma entrega do eixo de acessibilidade do programa Parque+ foi promovida neste mês pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (MT) conta agora com duas cadeiras de rodas especiais, adaptadas para terrenos acidentados e trilhas.

Os equipamentos entregues têm capacidade para um indivíduo de até 90 kg, e serão destinados para o transporte de pessoas deficientes ou com mobilidade reduzida pelas trilhas do parque. Além disso, as cadeiras poderão ser utilizadas para resgate em caso de acidentes nos locais de difícil acesso.

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é um dos 18 parques que atualmente integram a agenda de concessões de parques nacionais do MMA. O local contempla diferentes espécies da flora e da fauna do Cerrado, além de contribuir para a proteção de córregos e rios da bacia hidrográfica do Alto Paraguai. Entre os atrativos mais famosos da Chapada dos Guimarães está a Cachoeira do Véu de Noiva, muito procurada pelos turistas que visitam a região.

Programa Parque+

O programa Parque+ consiste em um conjunto de iniciativas articuladas para incrementar a prática do ecoturismo em Unidades de Conservação e entorno, fortalecendo os lugares como espaços de lazer e de desenvolvimento socioeconômico sob bases sustentáveis.

Os projetos e ações integrantes da iniciativa tem como escopo principal fortalecer as Unidades de Conservação visando ao desenvolvimento pela concentração de esforços da Administração Pública em parceria com a iniciativa privada, apoio estratégico na execução das atividades a serem implantadas e na captação de recursos.

Um dos aspectos mais relevantes e positivos do ecoturismo reside nos efeitos econômicos que a atividade pode promover nas Unidades de Conservação e entorno. Pois, em geral, elas ficam em municípios e regiões distantes de grandes eixos econômicos, com significativos déficits e disparidades sociais. Nesse quadro, a atividade ecoturística fundada em áreas protegidas pode promover o incremento das cadeias econômicas locais com perfil sustentável e com menor impacto para a localidade, desenvolvendo o potencial econômico local. Os turistas que visitam os locais movimentam a economia, gerando emprego e renda.

 

Chapada dos Guimarães ganha cadeiras de rodas especiais

Os equipamentos serão destinados para o transporte de pessoas deficientes ou com mobilidade reduzida pelas trilhas do parque. Foto: MMA

Leia também

Operação da PF contra roubo de encomendas postais prende uma pessoa no Espírito Santo

A Polícia Federal realizou, nesta terça-feira (7), a Operação Nuntio, que cumpriu um mandado de prisão e um...

Bueiro é construído no Rio do Campo; agora são 80 em um ano e seis meses de gestão

A secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, com seus servidores construíram mais...

Ruas do bairro Cruzeiro sendo preparadas para receberem pavimentação

Máquinas da secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, juntamente com servidores da...

Adolescente é baleado em ataque a tiros Paulista, interior de Barra de São Francisco

Um adolescente de 15 anos foi baleado na noite deste domingo (3) na localidade de Vila Paulista, em...

Cartão do Auxílio Brasil começa a ser entregue; veja quem receberá

CRISTIANE GERCINA SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O novo cartão do Auxílio Brasil começou a ser entregue aos...

Aeroporto de Vitória volta a ter voos diretos para Fortaleza

O Aeroporto de Vitória vai voltar a ofertar voos diretos para Fortaleza a partir de julho. O voo inaugural...