Chanceler da Nicarágua afirma que eleições são um direito soberano de seu país • SiteBarra

Chanceler da Nicarágua afirma que eleições são um direito soberano de seu país


O chanceler da Nicarágua, Denis Moncada, disse que as eleições gerais deste fim de semana em seu país constituem o exercício de um direito digno, soberano e legítimo para a escolha do presidente, vice-presidente e deputados.

Durante encontro com delegações internacionais e a imprensa estrangeira credenciada, o chanceler assegurou que as eleições representam um exercício de defesa da pátria e expressão da vontade de mais de quatro milhões de eleitores.

Moncada disse que os 250 representantes de 27 países são figuras “avançadas, progressistas e defensores da verdade” e destacou o papel da chapa do atual presidente Daniel Ortega e da vice-presidente Rosario Murillo como candidatos da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN).

“Agradecemos sua presença no país diante da atitude agressiva que alguns poderes e potências mantêm contra o governo sandinista, pois os nicaraguenses têm o poder de escolher nossas políticas internas e promover projetos de benefício econômico e social”, disse.

Neste 7 de novembro, além da Frente Sandinista de Libertação Nacional, o Partido Liberal Constitucional – no poder de 1996 a 2006 com Arnoldo Alemán e Enrique Bolaño, o Nicaraguan Christian Way, o Partido da Aliança Liberal da Nicarágua, os Partidos da Aliança pela República e do Partido Liberal Independente participam das eleições, informa a Prensa Latina.

Denis Moncada

Denis Moncada (Foto: Reuters)