CEO da Pfizer desiste de visita a Israel por ter sido somente parcialmente vacinado


O CEO da Pfizer, Albert Bourla, segundo o jornal The Jerusalem Post, cancelou sua esperada visita a Israel por não ter sido totalmente vacinado contra a Covid-19. Israel é um dos países mais avançados do mundo na imunização da população contra o coronavírus.

Bourla, assim como a delegação que o acompanharia a Israel, só recebeu a primeira dose do imunizante.

“Continuamos interessados ​​em visitar Israel e nos encontrar com os tomadores de decisão. A visita a Israel provavelmente será marcada para o final da primavera”, comunicou um porta-voz da Pfizer.

Albert Bourla

Albert Bourla (Foto: Reuters/Tom Brenner)

Leia mais

Leia também