Ceará adota medidas mais rígidas contra a Covid-19

Ceará passou a ter medidas mais rígidas para evitar aglomerações e conter o aumento dos casos da Covid-19 no estado. Entre as medidas, previstas em um decreto assinado pelo governador Camilo Santana, nesta quinta-feira (18), estão o toque de recolher entre as 22h e 5h, a suspensão das aulas presenciais nas escolas, universidades públicas e privadas e a circulação e uso de espaços públicos, como praças, praias e calçadões.

Amazonas conta com 30 usinas geradoras de oxigênio medicinal

Vigilância Sanitária de Salvador fez mais de 15 mil ações de fiscalização durante pandemia

As novas regras se estenderão pelos próximos 10 dias e, de acordo com o governador, as decisões levaram em consideração a situação epidemiológica do estado e sua curva ascendente de contaminação. Santana afirmou que, no período de 18 de janeiro até o dia 17 de fevereiro, o número de pacientes internados em leitos de UTI com covid-19 passou de 226 para 652, enquanto a quantidade de pacientes em enfermarias aumentou de 581 para 1.026.

Foto: Miguel Padriñán (Pexels)

Leia mais

Leia também