CBF responde Justiça sobre a não utilização da camisa 24 na Seleção Brasileira

Amanda Gil, Metrópoles – A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou à Justiça a sua justificativa sobre a falta da camisa 24 na Seleção Brasileira. A entidade foi questionada por isso pelo Grupo Arco Íris de Cidadania LGBT e respondeu cinco perguntas da organização não-governamental.

Segundo a CBF, a decisão de não usar o número foi por motivo “desportivo” e “por mera liberalidade” de Douglas Luiz, que escolheu usar a 25.

O Brasil é a única seleção na Copa América que não tem um jogador com a 24. A numeração pula do 23 do goleiro Ederson para o 25 do ex-jogador do Vasco.

Leia a íntegra no Metrópoles.


Leia mais

Leia também