Casal com guarda dos seis sobrinhos batiza as crianças, cumprindo promessa feita pela tia

» Padre Carlos Henrique com as seis crianças batizadas na última quarta-feira

Reportagem: Cintia Zaché / Rede Notícia.

Seis irmãos foram batizados ao mesmo tempo, no Patrimônio da Penha, na última quarta-feira (28), todos de roupas brancas. A cerimônia foi realizada pelo padre Carlos Henrique, na Igreja Católica do Perdido. A história poderia ser comum, caso não fosse o enredo emocionante divulgado por A Notícia, em dezembro do ano passado. As crianças são aquelas que haviam sido disponibilizadas para adoção, e a tia, a Claudinéia Santos Oliveira, 34 anos, resolveu junto ao esposo, Gilson Santos, 37, aceitar a guarda dos sobrinhos.

Logo que as crianças chegaram a casa do casal, foi uma das primeiras citações da Claudinéia, feita ao Jornal A Notícia, que iria batizar os sobrinhos.

O caso

A Justiça de Guarapari concedeu a guarda provisória dos seis sobrinhos da Claudinéia, tendo as crianças na época, a idade entre sete meses a oito anos.

Com duas filhas de 15 e 18 anos, Claudinéia conta que os sobrinhos estavam em um abrigo, pois a irmã (mãe dos menores) e o pai das crianças perderam a guarda dos filhos, devido à dependência química.

Segundo Claudinéia divulgou na época da reportagem, há mais de 12 anos ela não via a irmã, e também, até então, ela não conhecia nenhum dos seus sobrinhos que estão com ela. “Ela teve mais dois filhos que morreram e outro que está com 14 anos, que mora com o pai dele”, explica.

 


Leia mais

Leia também