Casal capixaba cai de paraquedas no mar na Colômbia

Compartilhe

O empresário José Lucas Moulaes Figueiredo, de 29 anos, e a médica Amanda Cavalcante Lozer, de 25, viveram momentos de medo durante uma viagem para a Colômbia. A informação é de Maíra Mendonça, do g1 ES.

Na última quinta-feira (28), o casal, que é do Espírito Santo e atualmente mora em Campinas, São Paulo, fazia um passeio de paraquedas, rebocado por uma lancha, quando uma tempestade se aproximou e a corda do equipamento se rompeu, fazendo com que eles caíssem no mar.

Todo acidente foi gravado por José Lucas (veja vídeo), que registrou tudo. O empresário e a médica estavam na Colômbia de férias e o passeio de paraquedas no arquipélago de San Andrés fazia parte da programação.

Nas imagens do vídeo é possível ver a tempestade se aproximando, enquanto o casal já está no alto. José Lucas contou que, quanto mais o tempo se fechava, mais o casal balançava no ar e o barco também não estava estável. Os momentos seguintes foram de desespero e agonia, ele relata:

“Vimos que o próprio guia que acompanha o piloto jogou uma âncora e parece que ela não estava aguentando. Nosso medo era de nos soltarmos. Enquanto estava balançando, pelo menos a gente estava grudado no barco. A gente não sabe se a corda rompeu ou se eles soltaram a gente de propósito para não virar o barco”.

Quando a corda se rompeu e os dois estavam soltos no ar, José Lucas puxou uma corda de segurança, que fecha o equipamento e o impede de voar.

Casal de capixabas curtia passeio de paraquedas momentos antes de corda se romper — Foto: Reprodução/arquivo pessoal

Casal de capixabas curtia passeio de paraquedas momentos antes de corda se romper — Foto: Reprodução/arquivo pessoal

Durante a queda, o empresário conta que ele e a esposa foram levados em direção à cidade, onde havia uma contenção de pedras. Contudo, eles conseguiram parar o equipamento antes.

Ao caírem na água, um homem, que chegou em uma moto aquática os ajudou. Mas, segundo ele, a empresa responsável pelo passeio não prestou ajuda e não restituiu o valor pago. “Deram só uma água”, disse.

Tempestade provocou chuva e ventos fortes na Colômbia durante o passeio de paraquedas do casal brasileiro — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Tempestade provocou chuva e ventos fortes na Colômbia durante o passeio de paraquedas do casal brasileiro — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

O casal teve algumas escoriações e também ficou com dor no pescoço. Eles voltam para o Brasil neste domingo (31) e passarão por exames mais aprofundados.

“Estamos bem. Graças a Deus foi apenas um susto. Ainda estamos com algumas dores no pescoço, mas acredito que vai passar ao longo da semana”, disse o empresário, que brincou: “vamos para a próxima, mas não tão radical assim.

Leia também

Salão de beleza é furtado em Boa Esperança

  Um salão de beleza foi furtado durante a madrugada, em Boa Esperança. Segundo a PM, na manhã desta segunda-feira...

CRAS distribui mais de 200 pés de alface pelo Programa de Aquisição de Alimentos

  A Prefeitura Municipal de Barra de Barra São Francisco, através Secretaria Municipal de Assistência Social, e do Centro...

Biomas brasileiros registram queda nos focos de queimada no 1º semestre deste ano

O Brasil registrou uma queda de 3,49% no número de focos de queimadas entre janeiro e julho de...

DER apresenta condicionantes ambientais para as obras de pavimentação da ES-230

  O Departamento de Edificações e de Rodovias do Espírito Santo – DER- ES, realizou nesta terça-feira, 16, à...

Mais de 250 mil motoristas de táxi recebem o primeiro lote do auxílio

O Ministério do Trabalho e Previdência iniciou o pagamento das duas primeiras parcelas de R$ 1.000 (cada) do...

ES: homem que morreu após ter corpo incendiado por adolescente é identificado pela família

  Foi identificado, nesta segunda-feira (15), o homem que morreu depois de ter o corpo incendiado debaixo de um...

Rodrigo César e Vitória-ES chegam a um acordo, e treinador segue no clube para a temporada 2023

  Campeão da Copa Espírito Santo e vice do Campeonato Capixaba, o técnico Rodrigo César vai seguir no Vitória-ES...

Atropelado pelo próprio carro, homem levava irmão cadeirante para cirurgia no ES

Um homem de 55 anos, identificado como Lindomar Marques, morreu atropelado pelo próprio carro na manhã desta segunda-feira...