Casagrande anuncia compra de 500 mil doses de Coronavac e aplicação de 3ª dose em idosos

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, anunciou a compra de 500 mil doses de Coronavac e aplicação de terceira dose de reforço em pessoas acima de 70 anos.

As novidades foram apresentadas durante a apresentação do novo mapa de risco num pronunciamento virtual nesta sexta-feira (03), direto do Palácio Anchieta, em Vitória.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, acompanhou o evento por videoconferência e deu mais detalhes da negociação. Pela primeira vez, um Estado da federação faz uma compra direta com a instituição paulista.

As vacinas adquiridas serão utilizadas para imunização de jovens acima de 18 anos. Elas serão entregues a partir de 13 de setembro.

Destaques do pronunciamento

Doses de Coronavac

O Estado do Espírito Santo adquiriu 500 mil doses da Coronavac junto ao Instituto Butantan, de São Paulo. Elas serão entregues no dia 13 de setembro. Iremos ao Butantan. O pagamento é de R$ 29 milhões. Essas 500 mil doses serão aplicadas nos jovens acima de 18 anos. O valor unitário da dose é de R$ 52,90.

Terceira dose de reforço para os 70+

Vamos usar as outras vacinas, da Pfizer e AstraZeneca, para vacinar as pessoas acima de 70 anos. A partir de segunda-feira (06) , os municípios poderão agendar doses de reforço para pessoas acima de 70 anos (quem já recebeu a segunda dose há pelo menos seis meses). Esse público será vacinado com as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca.

Situação do Estado pede cautela

A taxa de transmissão no Estado está mais de 1: registra 1,3. Ela se estabilizou na última semana mas ela começou a crescer. Temos estabilidade de casos, de óbitos e de internações. Mas, devemos ficar atentos, pois temos crescimento da transmissão. Além disso, a positividade também aumentou: foi de 11% para 18%. O número de casos ativos, nos últimos 28 dias, apresentou pequeno aumento. Nada que nos assuste mas devemos nos manter atento.

Imunização da população adulta

Nésio Fernandes, secretário de saúde: Até o final do mês de setembro, teremos oportunidade de imunizar toda a população adulta com a primeira dose. Até novembro, teremos 100% da população 18+ com as duas doses da vacina. Poderemos alcançar a vacinação plena e chegar em dezembro com toda a vacinação idosa vacinada com o reforço, toda a população adulta vacinada e concluir a segunda dose dos adolescentes. Nessa perspectiva, até o Natal, o Estado terá completado o esquema vacinal em toda a população apta a receber a vacina.

 Parceria com o Butantan

Dimas Covas: Gostaria de saudar todo o povo capixaba e dizer que este é o primeiro contrato que anunciamos oficialmente. A iniciativa é pioneira, negociamos as vacinas sem que houvesse perspectivas no Plano Nacional de Imunização (PNI). Agora estamos dando cumprimento. É uma grande satisfação nossa, o Butantan está à disposição para ajudar. Temos todos uma linha de ação de combate à pandemia. O Espírito Santo é um grande parceiro do Butantan. Parabenizo o senhor e o senhor Nésio Fernandes pela forma como vocês têm enfrentado essa grande catástrofe que é a pandemia.

Espírito Santo não vai sair do Plano Nacional de Imunização

Renato Casagrande: O Espírito Santo não corre risco de ficar sem as vacinas do Plano Nacional de Imunização (PNI). O que estamos fazendo é que tivemos a oportunidade de comprar e estamos comprando. Usaremos as vacinas que chegarem ao Estado vindas do Ministério da Saúde. É o direito que temos na conta do Ministério.

Informações: Folha Vitória