Casa Branca oferece assistência à JBS, que acusa hackers russos de invadirem sistemas da empresa


A JBS acusou hackers russos de estarem por trás de um ransomware que invadiu os servidores da empresa. A gigante brasileira disse à Casa Branca que os responsáveis pelo ataque são uma “organização criminosa provavelmente sediada na Rússia”.

“A Casa Branca está em contato diretamente com o governo russo sobre este assunto e entregando a mensagem de que estados responsáveis ​​não abrigam criminosos de ransomware”, disse a vice-secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, nesta terça-feira (1).

A JBS afirmou em comunicado que os servidores de backup da empresa não foram afetados. “A empresa tomou medidas imediatas, suspendendo todos os sistemas afetados, notificando as autoridades e ativando a rede global da empresa de profissionais de TI e especialistas terceirizados para resolver a situação”, disse o comunicado. “Os servidores de backup da empresa não foram afetados e ela está trabalhando ativamente com uma empresa de resposta a incidentes para restaurar seus sistemas o mais rápido possível.”

No entanto, a filial americana da empresa disse que o ataque não deve ser resolvido tão rapidamente e que ele pode atrasar as vendas. Os sistemas nos EUA e na Austrália foram afetados. (Com informações do Politico). 

-->