Carro de luxo fica totalmente destruído após acidente no ES

Uma Ferrari vermelha ficou totalmente destruída após um acidente, em Jardim da Penha, em Vitória, no final da noite de sábado (17). O veículo de luxo colidiu com um Citroen C3 no acesso à ponte Ayrton Senna ligando o bairro à Praia do Canto.

O impacto foi tão grande que arrancou a roda dianteira direita da Ferrari e danificou também a roda do lado contrário. O C3 teve a parte frontal completamente destruída.

A colisão chamou a atenção de quem passava na avenida Anísio Fernandes Coelho. Segundo a Polícia Civil, testemunhas disseram que o motorista da Ferrari fugiu do local.

PLACA DA FERRARI FOI ACHADA NO LIXO

No entanto, um homem de 30 anos, apontado como amigo do condutor, foi encaminhado à Delegacia Regional de Vitoria por desacato.

Ele estava bastante alterado, com sinais de embriaguez e discutia com o motorista do Citroen. Segundo relatos da polícia, o rapaz xingava também os agentes, bem como os bombeiros que foram atender a ocorrência.

O homem teve que ser contido e, depois de ser algemado, foi levado para a delegacia. Lá, assinou um termo circunstanciado por desacato e foi liberado após assumir o compromisso de comparecer em juízo. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (DDT).

As pessoas próximas aos carros destruídos entregaram aos militares a placa da Ferrari que foi encontrada em uma lata de lixo.

Carro avaliado em R$ 1 milhão

A Ferrari envolvida no acidente é um modelo Califórnia F1 V8 com motorização de 460 cavalos, modelo de 2012 e avaliada em R$ 1 milhão. O carro é capaz de ir de 0 km/h a 100 km/h em 4 segundos e atingir a velocidade máxima de 310 km/h, segundo a fabricante.


Leia mais

Leia também