Carateca capixaba realiza semana de treinamento com técnico da Seleção Brasileira

A carateca capixaba Claudina Aguiar, contemplada pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), está em Barueri, São Paulo, realizando uma semana de treinamentos com o técnico da Seleção Brasileira de Karatê, Rogério Saito.

Claudina Aguiar, que acabou de se recuperar de uma lesão no joelho, fica em São Paulo até o próximo domingo (08), com o objetivo de alinhar toda a parte técnica e de ajustar os treinamentos para as competições de 2021. Além disso, estão no radar da atleta a seletiva da Seleção Brasileira de Karatê e o retorno ao topo do ranking nacional, no próximo ano.

Para a carateca, trabalhar ao lado do sensei Saito lhe dá uma segurança maior, por já terem trabalhado juntos, o que a permite entrar no ritmo mais rápido. Claudina Aguiar, que estava desde novembro do último ano sem encontrar com o técnico da Seleção, comentou sobre o tempo de pausa nas competições, por consequência da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“Essa pausa por conta da pandemia acabou sendo benéfica para mim, pois tinha muitas competições marcadas para este ano e iria ficar de fora por causa da lesão. Estou muito animada e disposta a voltar à rotina de treinamentos intensos. Me sinto muito segura reencontrando com o sensei”, disse a atleta, que permaneceu afastada totalmente do esporte por cinco meses, em consequência da lesão.

Bolsa Atleta

Integrando a lista dos beneficiados na categoria internacional do Bolsa Atleta, Claudina Aguiar afirmou que o programa permite que os consigam um bom rendimento e se mantenham ativos. A carateca destacou a importância do benefício.

“O Bolsa Atleta é extremamente fundamental para os atletas, pois para termos resultados precisamos de uma equipe por trás, como técnico, fisioterapia e preparador físico. Não é só viagens, é muita coisa que se engloba antes de chegarmos até uma competição e, sem esse benefício, não existiria essa possibilidade”, afirmou a carateca.

Neste ano, o Programa Bolsa Atleta beneficia 121 atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que varia de acordo com a categoria do atleta, dentro do edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico). O investimento total da Secretaria de Esportes e Lazer no programa é de R$ 2,1 milhões.

O valor recebido pelo atleta pode ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte urbano ou para participar de treinamentos e competições, além da aquisição de material esportivo.

 

Leia mais

Leia também