CAPS Cachoeiro de Itapemirim distribui medicamentos para mais de 100 usuários da unidade

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Cachoeiro de Itapemirim, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa) iniciou, nessa segunda-feira (17), a dispensação de medicamentos de alto custo aos usuários na própria unidade. A iniciativa faz parte da parceria com a Farmácia Cidadã Estadual do mesmo município e irá beneficiar, por tempo indeterminado, 110 pacientes que realizam atendimentos periódicos na instituição.

Ao todo são seis tipos de medicamentos. O objetivo é facilitar o acesso às medicações e diminuir o risco de contaminação pelo novo Coronavírus (Covid-19). O coordenador da unidade, Lincoln Carlos Macedo, explica que a ação permite que a equipe multidisciplinar do CAPS tenha maior controle dos tratamentos submetidos aos usuários e lhe garante maior apoio aos mesmos.

“A nossa equipe observou a dificuldade de acesso dos usuários aos medicamentos, devido à vulnerabilidade social e falta de suporte familiar. Com a distribuição na própria unidade, facilita a nossa supervisão aos tratamentos e proporciona maior resolutividade da assistência farmacêutica. Além disso, diminui o gasto com transportes, o número de pessoas nas unidades farmacêuticas e, consequentemente, o risco de contaminação pelo Covid-19”, destacou.

O superintendente da região, José Maria Justo, destaca que essa nova ação garante maior auxílio à população e facilita a continuidade do tratamento de forma oportuna. “É mais uma iniciativa da Sesa que visa a qualificar, facilitar e agilizar o acesso do usuário do Sistema Único de Saúde aos serviços ofertados, garantindo cada dia mais a assistência”.

A retirada dos medicamentos será realizada de acordo com os protocolos seguidos pela Farmácia Cidadã. O usuário ou o familiar será orientado pelos servidores do CAPS quanto aos formulários necessários para abertura do processo e posteriormente deve procurar a farmácia para realizar o cadastro no local. Após a conclusão do procedimento, basta apresentar a receita e documentação para aquisição dos remédios.

Para Cecília de Aguiar Cestari, usuária da unidade, além de facilitar o tratamento o novo método garante mais segurança para todos que necessitam desse serviço. “Eu achei ótimo conseguir pegar meus medicamentos aqui no CAPS. Como já fazemos o tratamento no local e conhecemos todo mundo, não preciso ficar me deslocando e pegando ônibus para outros lugares. É muito mais confortável e seguro”, garantiu.

 


Leia mais

Leia também