Morador de Água Doce do Norte publica o segundo livro durante a pandemia

Edilson Xavier, é capixaba, natural de Barra de São Francisco, e atualmente vive em Água Doce do Norte. Aproveitou o distanciamento social para pôr em prática a arte da escrita.

Em agosto ele publicou um livro de cunho religioso: Homilia – Passo a passo, onde ensina a arte de fazer boas pregações nas igrejas, usando os recursos da língua Portuguesa.

No último dia 09, ele lançou, através da Editora MEPE, mais um livro, desta vez, de ficção histórica. A história se passa na Grande Vitória num cenário real, onde vivem as Monjas Carmelitas Descalço.

Quem gosta de mistério e muita ação, através de luta de artes marciais, é uma boa oportunidade para colocar a leitura em dia.
https://livrariamepe.com.br/produto/monja-traficante/

Escrito por Edilson Xavier, “A Monja e o Traficante” é uma história que ressalta a astúcia e a capacidade feminina em resolver problemas.

Usando desta habilidade, uma misteriosa capoeirista, vestindo um hábito de monja carmelita, resolve se opor a perigosos traficantes, quebrando o silêncio imposto pelo tráfico, enfrentando-os, através da arte da Capoeira.

Todos estão em busca da identidade da monja-capoeirista, tanto os traficantes, que invadem o convento das religiosas, tentando encontrá-la, quanto as próprias monjas, que buscam provar que, a capoeirista não pertence à Ordem das Carmelitas Descalço.

Saber a identidade da capoeirista, é fundamental, pois, uma só́ mulher foi capaz de enfrentar os traficantes, fragilizando o tráfico local, e levar as carmelitas a infringir às regras sagradas do mosteiro no intuito de se defender dos criminosos.

Quem será́ esta misteriosa monja-capoeirista?

Leia mais

Leia também