Capes libera mais 850 bolsas de estudo sobre epidemias

Capes libera mais 850 bolsas de estudo sobre epidemias

Programa Estratégico de Prevenção e Combate a Surtos, Endemias, Epidemias investe R$ 200 milhões em pesquisas.
– Foto:
Sayonara Moreno/Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), liberou na quarta-feira (15) mais 850 bolsas pelo Programa Estratégico de Prevenção e Combate a Surtos, Endemias e Epidemias. Pacote inclui, ao todo, 2,6 mil bolsas. Com isso, todas as linhas de pesquisa já foram disponibilizadas.

Das 850 vagas, 300 são para cursos de exatas, tecnologia e multidisciplinares (destinadas aos cursos com notas 5, 6 e 7, as mais altas na avaliação da Capes) e 550 para projetos sobre reposicionamento e desenvolvimento de fármacos, produtos imunológicos, telemedicina e análise avançada de dados médicos.

A expectativa é que as pesquisas ajudem no desenvolvimento de tecnologias, equipamentos de proteção individual (EPIs) e monitoramento e mapeamento de surtos. Além dos 30 projetos de pesquisas, anunciados no dia 2 de abril, com investimento de R$ 345 mil por ação, a instituição vai permitir mais 57 propostas extras – com ajuda de custeio no valor de R$ 100 mil, cada.

Os temas incluem:

    • Reposicionamento de fármacos;
    • Desenvolvimento de vacinas e produtos imunobiológicos ;
    • Desenvolvimento de modelos animais e ensaios in vitro para o estudo do SARS-CoV-2;
    • Protótipos de fármacos antivirais, estudos e desenvolvimento de testes rápidos para o novo coronavírus ; e
    • Detecção da doença em animais e as inter-relações com humanos.

 

Os pesquisadores deverão desenvolver sistemas inteligentes para auxiliar consultas e tomadas de decisões médicas de forma remota, processamento de imagens e reconhecimento de padrões na interpretação de exames, ferramentas para diagnóstico e técnicas de análise de dados e inteligência artificial, além de outras para monitoramento, controle e prevenção de endemias e epidemias. “Formar mestres e doutores na grande área de Ciências da Vida é fundamental na contribuição da saúde coletiva e prevenção de doenças infecciosas em geral que afetam há anos o Brasil”, afirma o presidente da Capes, Benedito Aguiar.

O conjunto de ações de apoio a projetos, via editais, e as ações emergenciais, compõem o Programa Estratégico de Prevenção e Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e importam em investimento de R$ 200 milhões e distribuição de 2,6 mil bolsas de estudo. O programa de combate às epidemias faz parte de uma série de esforços do Governo Federal na contenção da disseminação do vírus pelo País. Com a iniciativa, será possível preparar a comunidade científica para trabalhar em soluções para situações-limite. 

Leia mais

Não há nenhum impedimento no ir e vir entre Barra de São Francisco/Mantena

Comandante Rômulo O comandante do 11º BPM de Barra de São Francisco, Tenente Coronel Rômulo, informou neste sábado, 21/03/2020, que, por enquanto a divisa Espirito...

A PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU: prefeitura de Barra de São Francisco divulga orientações

A PANDEMIA COVID-19 AINDA NÃO ACABOU A Prefeitura de Barra de São Francisco ALERTA: A pandemia covid-19 (novo coronavírus) ainda não acabou. É preciso continuar...

Fapes divulga primeira lista preliminar de aprovados no edital pesquisas

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) publicou o resultado preliminar...

‘Lean nas Emergências’: profissionais do Himaba apontam melhorias para agilizar atendimentos

A implantação do projeto “Lean nas Emergências”, do Ministério da Saúde, segue a todo vapor no...

Leia também

Mais de 4 mil municípios recebem R$ 1,5 bilhão para investir na cultura

Até junho de 2019, 75% dos municípios, ou 4775 cidades brasileiras, completaram 12 anos sem recursos do Governo Federal para políticas públicas na área...

Oito equipes vencem o Inova Senai 2020

Com propostas de soluções para demandas reais da sociedade e da indústria brasileira, estudantes do Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) desenvolvem projetos inovadores ao...

Plano Novo Normal Paraíba mostra aumento de transmissão da Covid-19 no estado

A 13ª avaliação do Plano Novo Normal Paraíba revela que houve aumento na taxa de transmissão da Covid-19 nos últimos 15 dias. A avaliação...

Número de empregados na agricultura fica normalizado

Após o primeiro impacto causado na economia e no mercado de trabalho devido à pandemia do novo coronavírus, o número de empregado no setor...