Cão é adotado por concessionária no Espírito Santo, ganha crachá e conquista a internet: ‘cãosultor de vendas’

Vira-lata caramelo apareceu na porta da concessionária em um dia de chuva e acabou ficando. Nas redes sociais, Tucson mostra a rotina de ‘trabalho’ e já tem mais de 70 mil seguidores.

Tuson foi adotado por funcionários de concessionária na Serra, ES — Foto: Reprodução/ Instagram

Enquanto influenciadores digitais, blogueiras e artistas batalham para conquistar seguidores nas redes sociais e, assim, alavancar a própria marca, um cãozinho do Espírito Santo está dando aula de engajamento na internet. A reportagem é de Naiara Arpini, G1 Espírito Santo.

Após ser adotado por funcionários de uma concessionária do município da Serra e ganhar um crachá de “cãosultor de vendas”, o animal passou de mil a 70 mil seguidores em uma rede social em uma semana.

O diretor comercial do grupo, Marcelo Sartori, disse que o vira-lata caramelo chegou ao pátio da concessionária de mansinho, em um dia de chuva, em março deste ano.

Segundo ele, as funcionárias da área de serviços gerais foram as primeiras a “adotar” o cachorro, oferecendo água, comida e abrigo. Não demorou muito, ele conquistou toda a equipe e acabou ficando por lá.

“Foi algo muito natural, não teve nenhum planejamento. Ele apareceu aqui no pátio, muito magrinho, sem cuidado nenhum. A gente colocou ele em um cantinho, de um jeito improvisado, para passar a noite, mas ele foi ficando. Não houve nenhuma rejeição por parte da diretoria da empresa. E ele foi conquistando todo mundo, desde as meninas da limpeza até o presidente do grupo”, disse.

Após uma votação entre os funcionários, o vira-lata foi batizado como Tucson, mesmo nome de um dos modelos de carro da marca. “Confundia-se o Tucson cachorro com Tucson automóvel. A gente tinha que falar ‘é o Tucson de quatro patas e não o de quatro rodas’”, lembrou Marcelo.

Quando a loja está fechada ao atendimento presencial do público – como aconteceu durante o período mais rígido de isolamento social na Grande Vitória – o cão tem livre circulação entre os funcionários.

A presença constante e o bom comportamento fizeram com que ele fosse “promovido” a “cãosultor de vendas”, com direito a crachá.

“Por incrível que pareça, ele foi ficando muito carinhoso, à vontade, é muito inteligente. Parecia que alguém já tinha ensinado algumas coisas, como ‘senta’, ‘dá a patinha’. É muito obediente, não deixando de ser arteiro”, brincou.

Em um perfil no Instagram, Tucson compartilha a rotina de trabalho, dizendo que “é meta pra cachorro”. Os responsáveis pela conta dele na internet são o gerente de vendas, Emerson Mariano, a equipe dele, e a sucessora da empresa, Júlia Lopes Paixão.

Como que é ? Eu durmo com uma meta, e acordo com o dobro ? Vamos com calma chefe, e aquela conversa de experiência, tempo de aprendizado, fase de treinamento ? Assim não sobra tempo para comer nem uma mangueira e uma mesa hoje.. Mas vamos lá que vai da tudo certo, é ‘meta pra cachorro’ 🐾🦴🐶🐕 #tucson #prime #hyundai @primehyundai

Uma das fotos, publicada no Dia do Vira-lata, foi compartilhada e repercutiu nacionalmente, fazendo Tucson ganhar fama, carinho e muitos admiradores.

Desde que foi adotado pela concessionária, ele passou por atendimento veterinário e foi vermifugado. Atualmente, mora em uma área entre a oficina e o showroom, onde fica a casinha dele. Carismático, o animal também se tornou um mascote para o clientes.

O diretor-adjunto de Marketing da Hyundai Motor Brasil, Jan Telecki, explicou que, embora a adoção de Tucson pelos funcionários tenha sido algo natural, a ação ilustra o posicionamento “pet friendly” da empresa.

“É uma estratégia que a gente vem adotando há alguns anos, de buscar uma forma diferente de se conectar e se comunicar com os consumidores, para que se torne um diálogo cada vez mais humanizado, é através das paixões que os consumidores têm”, disse.

Ambiente mais leve

Para Marcelo, a chegada de Tucson, totalmente espontânea, trouxe inúmeros benefícios. Principalmente para equipe, que ganhou um companheiro.

“São 90 funcionários na unidade e não tem ninguém que passe por ele e não faça um carinho, um afago. Nesses quatro meses que ficamos sem saber como agir com a pandemia, o cachorro acabou dando uma certa distração, diminuiu a tensão desse momento difícil que a gente viveu. Transformou o ambiente com leveza, com a doação incondicional e carinho que dá a todos”, disse Marcelo.

Passa meu biscoito de comissão pra cá Presidente 🍪 vendi tenho direito ! 🐾🦴🐕 #tucson #prime #hyundai @primehyundai

Leia mais

Leia também