Cantor Billy Forrozão participa do Programa do Ratinho nesta segunda-feira (13)

Compartilhe

 

O cantor Billy Forrozão participa, nesta segunda-feira (13), a partir das 22 horas, do Programa do Ratinho, no canal SBT. O artista vai participar do quadro ‘Dez ou Mil’. A informação é de Jhon Martins, da Rede Notícia

Apesar da participação ser ao vivo e esta ser sua primeira
vez em rede nacional, Billy revelou que está tranquilo e focado na
apresentação, mas não esconde a satisfação do momento. “Fazer um programa
nacional desse, com uma audiência igual a do Programa do Ratinho, realmente é
algo muito grande e prazeroso para quem está no ramo. Com relação à
apresentação, estou bem tranquilo e não estou nervoso. Por mais que seja a
minha primeira vez em uma rede nacional, estou bem seguro do que irei fazer. Acho
que a bagagem de 15 anos de estrada, nessa hora, conta muito. A emoção e a
felicidade não têm como descrever, é algo muito grande para a nossa carreira,
mas a gente continua sempre com os pés no chão. É mais um passo positivo que
estamos dando e, agora, é saber trabalhar isso, como se posicionar daqui para a
frente, porque, ao meu ver, vai existir um Billy Forrozão antes do dia 13 e
outro depois”.

O quadro que Billy vai participar dá um espaço para os
artistas cantarem uma música e cinco jurados vão dar suas versões baseadas nas
performances em cima do palco. “Eu preparei algo bem minha cara, dentro do meu
repertório, que estou acostumado a fazer e performance, também, em cima disso. Algo
para cima, alegre e descontraído”, falou o cantor.

Segundo o músico, ele foi chamado para o programa após se
inscrever no quadro e passar por uma avaliação do material. “O clipe “Tac Tac e
Não Pega” ajudou muito. Não só ele, mas todo material que temos no YouTube
contou muito para a seletiva e deu certo. Agora, é aproveitar a oportunidade,
agarrar e ir para cima. Já temos outras oportunidades em novos programas, mas é
um passo de cada vez, não podemos alarmar nada por agora”.

Billy Forrozão ainda ressaltou que essa conquista é fruto de
muita perseverança, principalmente, após o assalto que ele sofreu na sua casa
em São Mateus, no mês de setembro. “Muita gente, depois do que acontecido,
falava comigo que Deus tinha algo maior para a minha vida e eu sempre acreditei
nisso, eu sempre fui um cara muito religioso. Para quem não sabe, o meu pai era
pastor evangélico e minha mãe é missionária. Eu comecei na Igreja. Não que eu
seja desviado, estou afastado, mas continuo tocando e cantando na Igreja. Meu forró
é meu trabalho. Eu sempre acreditei em Deus e quando as pessoas falavam comigo
que seria uma nova etapa, um novo começo, eu acredito e foi o que aconteceu”,
concluiu.

Leia também

Avenida Adelino Coimbra terá calçadão e passarelas interligando ruas

Desde que a Prefeitura de Barra de São Francisco, através de suas secretárias, começou o projeto de requalificação...

ALIMENTOS: Projeto que facilita irrigação para produção visa driblar estiagem

Definir obras de infraestrutura de irrigação e dessedentação animal como de utilidade pública é garantir um diferencial na...

Adolescentes do Projeto Jovem do Futuro de Barra de São Francisco passam por avaliação médica

Os adolescentes que estão participando do Projeto Jovem do Futuro, implantado há dois meses, estão cada vez mais...

Exposição promove diálogo entre Clarice Lispector e artistas plásticas

O Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro (IMS Rio) inaugura hoje (21) a exposição Constelação Clarice, que...

Obra de arte é referência para trabalho com reciclagem

  O famoso quadro “As Bolas de Sabão”, pintado por Édouard Manet, foi o tema trabalhado por uma professora...