Candidato chileno de esquerda diz que suas prioridades são saúde e educação • SiteBarra

Candidato chileno de esquerda diz que suas prioridades são saúde e educação


O candidato de esquerda à presidência chilena, Gabriel Boric, apresentou nesta segunda-feira (1º/11) seu programa de governo, que inclui a garantia de acesso à saúde e à educação, a modificação do sistema de pensões e a reforma tributária.

Sua proposta para um novo Chile foi elaborada com base em um processo do qual participaram 33.000 pessoas em todo o país. 

“Ao contrário do que outros candidatos fizeram, decidimos abri-la ao público”, disse Boric na apresentação. 

Entre as tarefas priorizadas está o fim das seguradoras do Fundo de Pensão (AFP) e a construção de um sistema público, sem fins lucrativos, que garanta pensões decentes para todos, como exigiram os manifestantes durante a explosão social de 2019.

Boric também planeja promover um sistema de saúde universal que não discrimine as famílias com base em sua renda e garantir educação gratuita para todos os cidadãos. 

“Este é um programa que foi forjado no coração do povo chileno, nas lutas sociais, na construção de uma alternativa para uma sociedade diferente, mais justa, mais equitativa e mais solidária”, disse o candidato da coalizão “Apruebo Dignidad”, que inclui a “Frente Ampla” e o Partido Comunista, entre outras organizações.

Em matéria tributária, seu programa visa alcançar uma maior contribuição daqueles que têm mais e o combate à evasão fiscal.

Segundo a pesquisa da empresa Plaza Pública Cadem, publicada na segunda-feira, Boric está em segundo lugar em intenções de voto, depois do candidato de extrema direita, José Antonio Kast, em uma lista de sete candidatos, informa a Prensa Latina.

Gabriel Boric

Gabriel Boric (Foto: Telesul)